Benefícios do azeite, um símbolo de pureza e saúde

2167
Azeite, saiba comprá-lo
Azeite, saiba comprá-lo

Um pingo de azeite na comida para além do sabor inigualável que lhe confere, têm um manancial de qualidades, uma vez que se trata de um produto rico em benefícios para a saúde.

A história do Azeite

A sua história remonta a mais de 6 mil anos, e a cozinha mediterrânea utiliza o azeite desde há milénios, aproveitando as suas propriedades únicas, a que chamava de “ouro da vida” ou “ouro líquido”, na versão dos fenícios.

Trata-se de um produto natural, obtido através da trituração e espremedura das azeitonas. As diferentes regiões, as variedades e o grau de maturação das azeitonas, assim como o processo de extração utilizado, atribuem características diferentes aos azeites.

O azeite é a mais digesta das gorduras e é rico em vitaminas (A,D,E e K) e antioxidantes. É também altamente energética, uma vez que as gotículas extraídas das azeitonas estão protegidas por uma membrana constituída por glicéridos.

Entre os seus benefícios encontra-se:

  • a redução da acidez gástrica
  • a prevenção dos problemas cardiovasculares
  • o controle dos níveis de colesterol
  • contribui ainda para o crescimento e mineralização dos ossos
  • contribui para a conservação dos tecidos, retardando o envelhecimento.

É na dieta mediterrânea, com hábitos alimentares regulares, ricos em fibras e em gorduras não saturadas, que o azeite mais se destaca.

Alguns países mediterrâneos mantiveram os seus hábitos alimentares ao longo dos últimos 40 anos encontrando-se actualmente ainda em vantagem em matéria de saúde, quando comparados com a Europa Ocidental e os Estados Unidos da América.

Como comprar Azeite

Quando comprar azeite, não tenha apenas em conta o seu grau de acidez, mas também o cheiro e o sabor, além de dever prestar bastante atenção às informações úteis de diferenciação e categorização compostas no rótulo.

As designações “Virgem” e “Virgem Extra” denominam os azeites de melhor qualidade que logo após a sua extracção podem ser consumidos. O último é de melhor qualidade, obtido através da prensagem ou centrifugação das pastas de azeitona, com um gosto e sabor ricos e de um baixo teor de acidez.

Os azeites agrupam-se em dois grandes grupos:

  • azeites de marca – são controlados analiticamente e embalados sob uma marca, muitas vezes a sua origem é desconhecida,
  • azeites de produção – são controlados e embalados mas estão associados a uma origem geográfica definida ou a um modo particular de produção.

Por todas estas razões, não deixe de consumir este produto, mais que não seja ligeiramente aquecido com alguns dentes de alho, a acompanhar o sempre fiel amigo bacalhau.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]