Conservar os Alimentos

0
1287

Aprender a escolher os alimentos para as suas refeições e conservá-los devidamente num lugar adequado é uma tarefa que deve aprender. 

Saber escolher correctamente os alimentos é meio caminho andado para que as suas refeições adquiram um gosto inesquecível! Porém, e para além de saber escolher adequadamente os alimentos, há também a ter em conta a conservação dos mesmos! Quer seja no Inverno ou Verão, os alimentos merecem sempre uma protecção especial, mas o calor pode vir a ser um problema maior. Por isso, tome atenção!

As saladas tomam conta das refeições no Verão! Por se estar a fazer uma dieta ou simplesmente por gosto, a verdade é que apetece sempre, a qualquer hora, uma deliciosa salada. E, fazer salada sem umas folhas de alface pode ser um pecado! Por isso, quando for comprar uma alface escolha uma com as folhas verdes, ligeiramente onduladas e sem estarem amachucadas. Atenção às zonas que revelam um aspecto mais amarelado ou que apresentam vestígios de deterioração.

A melhor forma para conservar a alface é num saco de plástico, dentro do frigorífico. A alface não deve ficar apertada, para que as folhas não fiquem amachucadas e moles, assim como a sua conservação não deve ir além de 5 dias. Após esse período, a alface começa a dar sinais de ser imprópria para o consumo.

As batatas, por exemplo, são um dos condimentos de uma refeição que obrigam a um cuidado específico na hora da escolha e no período de consumo. Assim, as batatas devem ser uniformes, redondas, não apresentando manchas ou sinais de podridão. Devem ser guardadas num lugar fresco, seco, e escuro. O lugar fresco pode ser num sítio qualquer, desde que não seja no frigorífico, e o seu período de conservação não convém ser superior a uma semana.

A cenoura, também ela muito apreciada nas saladas de Verão, deve ser escolhida a partir da sua apresentação: pele lisa, com bom aspecto e uma cor uniforme. Guardadas num saco de plástico, no frigorífico, as cenouras aguentam bem durante duas semanas. No entanto, a sua durabilidade depende do estado em que as comprou. O mesmo se passa com as cebolas que conseguem aguentar algumas semanas no frigorífico, dentro de um saco de plástico. A escolha correcta das mesmas implica que se apresentem com uma casca fina e seca, mas ao mesmo tempo quebradiça.

Uma boa salada leva também um pouco de pepino. Assim, compre pepinos cuja cor seja verde escura, sem estarem amachucados e em que toda a casca apresente uma cor uniforme. Num saco de plástico, dentro do frigorífico, o pepino costuma aguentar-se durante uma semana, isto se o comprou segundo as características que lhe apresentámos anteriormente, porque senão não durará mais que uns dias. O mesmo se passa com o pimento, também ele muito apreciado nesta altura em que o calor vai começar a apertar.

O tomate é outro dos condimentos que necessita de uma boa conservação. O tomate deve ter uma cor uniforme, o vermelho, e não devem estar amachucados. Aliás, o tomate até deve estar um pouco rijo para que a sua conservação seja mais longa e proporcione melhores efeitos, quer seja numa salada ou numa refeição que exija este condimento. O tomate não dura mais que três dias e deve ser conservado no frigorífico. Coloque-o dentro de um saco de papel e só depois num de plástico, no frigorífico, para garantir a sua conservação.

Todos os alimentos precisam de cuidados para a sua conservação, mas antes de os conservar é importante aprender a escolhê-los devidamente. Quer se trate de carne, legumes, peixe ou fruta, todos eles necessitam de cuidados especiais para melhorarem o seu paladar. Desfrute das características e dos sabores que eles têm para lhe oferecer!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]