Frutos secos, conheça algumas das suas particularidades

3678
Frutos secos
Frutos secos

Os frutos secos são geralmente consumidos como aperitivo ou então utilizados em pastelaria. Vamos conhecer as particularidades de alguns destes frutos selecionados por nós.

Frutos secos

Banana

Normalmente, a banana é importada das Filipinas e dos EUA. De uma forma geral, é cortada às rodelas e passada por óleo, o que faz com que seja pouco recomendável para a saúde. Têm mais gordura e torna-se também cerca de duas vezes mais calórica.

Geralmente, a banana seca é consumida como aperitivo. Ajuda a prevenir as cãimbras musculares e é rica em potássio.

Figo

A figueira, apesar de originária da Ásia, está, sobretudo, implantada na Turquia e em Espanha. Em Portugal, muitos dos figos que consumimos são de produção nacional. Existem algumas variedades de figos: Rei Preto, Rei Branco, Pingo de Mel, etc.

Estes últimos, por serem mais rijos, são os mais apropriados para secagem. São mais consumidos na época natalícia e utilizados em pastelaria.

Tâmara

As consumidas em Portugal, geralmente, vêm do Norte de África (principalmente, da Tunísia e da Argélia) e do Médio Oriente. As árvores onde crescem são as tamareiras e têm um aspecto semelhante às palmeiras.

São frutos muito ricos em açúcar e, por isso, muito calóricos. São muito utilizadas na pastelaria do Norte de África. Em Portugal, são mais apreciadas como aperitivo, servindo-se geralmente enroladas em finas fatias de bacon grelhado.

Uva

Mais conhecidas por passas, depois de secas, em função do seu tamanho, têm a denominação de: passa curintos ou sultanas. Nem todas as uvas servem, porque não podem ter muitas graínhas.

Existem vários países que as produzem: Portugal, Austrália, Chile, Irão, etc. São bastante consumidas, por serem utilizadas não só em pastelaria, mas também na alimentação em geral. É também um dos frutos secos associados á época natalícia.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]