Cravo da índia, benefícios e modo de consumo

0
3148

O cravo da índia (Syzygium aromaticum)  também conhecido por cravinho, é uma árvore nativa das ilhas Molucas, na Indonésia. Atualmente é cultivado em outras regiões do mundo, como as ilhas de Madagáscar e de Granada.

São os botões florais (ainda não abertos) desta uma árvore, secos, que são muito utilizados e apreciados como especiaria para tempero e aromatizante desde a antiguidade, utilizados na culinária e no fabrico de medicamentos, de incensos e são um excelente aliado na cozinha.

O seu óleo essencial  tem propriedades anti-sépticas, sendo bastante utilizado em odontologia.

Uma curiosidade, esta especiaria era tão valorizada, que no mercado do início do século XVI um quilo de cravo da índia equivalia a sete gramas de ouro.

Para que serve o Cravo da Índia

  • Propriedades medicinais : Afrodisíaco, anti-septico, bactericida e digestivo, excitante, repelente de insetos, sudorifico, tónico digestivo e tónico estimulante.
  • Indicações : Dor de dente, gases, higiene bucal, micose da unha, vermes e vias respiratórias.
  • Princípios Ativos : Eugenol, acetato de eugenol, beta-cariofileno, ácido oleânico, triterpeno, benzaldeído, ceras vegetais, cetona, chavicol, resinas, taninos, ácido gálico, esteróis, esteróis glicosídicos, kaempferol e quercetina.
  • Utilizações na culinária : O cravo da índia é um condimento versátil que pode ser usado tanto em pratos doces como em pratos salgados. É normalmente utilizado na preparação de caldos, ensopados, doces, pudins, bolos, tortas de maçãs, pão, vinhos, ponches quentes e licores.
Classificação
A sua opinião
[Total: 3 Média: 4.3]