O que á a Legionella?

3206
Conheça a Legionella
Conheça a Legionella

A Legionella ou a doença dos legionários é uma pneumonia provocada pelas bactérias do género Legionella. A fácil disseminação desta bactéria está relacionada com a sua capacidade de sobrevivência em ambientes hostis por um longo período de tempo.

A Direcção-Geral de Saúde (DGS), a esclarece-nos que a Legionella são “microorganismos ubíquos da água doce ambiente, podendo existir em reservatórios naturais, como lagos e rios, ou reservatórios artificiais como sistemas de água doméstica, quente e fria, humidificadores e torres de arrefecimento de sistemas de condicionamento de ar, piscinas e jacuzzis e instalações termais”.

A grande exposição dos seres humanos a esta bactéria deve-se ao facto de esta se transmitir por via respiratória, pela inalação de gotículas de água (aerossóis) contaminadas, através de torneiras de água e chuveiros.

O ar proveniente de equipamentos de refrigeração, que conservem água a uma temperatura entre os 20ºC e os 45ºC, como é o caso do ar condicionado, é o local ideal para a transmissão da Legionella.

Boas notícias, a Legionella não é transmissível entre seres humanos nem através da ingestão de água contaminada. Ainda assim, ao beber água é possível que ocorra a inalação de gotículas contaminadas.
Informamos ainda que o vapor de água não transmite a bactéria, dado não ser o mesmo que os aerossóis.

Sintomas e potenciais grupos de risco

Os sintomas da infecção com a bactéria Legionella são idênticos aos da pneumonia, começando por dores de cabeça fortes, dores musculares, febre e calafrios, tosse e dificuldades em respirar, assim como alterações no funcionamento do fígado e dos rins.

Ocasionalmente, poderá também registar-se a ocorrência de diarreia e vómitos. Nos casos mais graves, a infecção deriva em pneumonia aguda. O período de incubação pode demorar entre dois e 15 dias, sendo que as primeiras manifestações a nível clínico demoram, por norma, cerca de seis dias até se começarem a manifestar.

Os fumadores são o grupo de maior risco, apesar de a idade avançada ou um historial de doenças respiratórias também aumentarem as hipóteses de infecção. Os homens têm, entre duas a três vezes, maiores probabilidades de infecção do que as mulheres. Também as pessoas que estejam a fazer tratamentos de quimioterapia ou com medicação de corticóides são um grupo de risco.

A incidência da Legionella em crianças é invulgar , sendo a faixa entre os 30 e os 90 anos como a que apresenta maior incidência de casos da Doença dos Legionários.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]