Conheça melhor o teste clínico para detectar a menopausa

6523
Conheça melhor o teste clínico para detetar a menopausa
Conheça melhor o teste clínico para detetar a menopausa

O primeiro teste clínico para detectar a menopausa já pode ser adquirido nas farmácias, podendo, tranquilamente, em sua casa, ficar a saber se já está, ou não, no período da menopausa.

Teste clínico para detectar a menopausa

Um teste fácil de utilizar, e funciona como um teste de gravidez.

O que é a perimenopausa

A perimenopausa corresponde ao período de incerteza que começa com o aparecimento de ciclos irregulares. Normalmente, é acompanhada dos primeiros sintomas que deixam a mulher particularmente apreensiva: ansiedade, alterações do sono, ganho de peso, irritabilidade, transpiração nocturna, secura cutânea ou vaginal.

Idade da Menopausa

A idade média para o surgimento da menopausa é aos 51 anos, sendo que os sintomas anunciadores podem aparecer logo a partir dos 45 anos. A menopausa considera-se confirmada após um ano sem período menstrual.

No entanto, o desaparecimento das menstruações é muito variável: tanto acontece de uma forma brutal, como pode suceder após um longo período de ciclos irregulares, acompanhados de acessos de calor.

A menopausa resulta do esgotamento da reserva folicular. Durante a primeira fase do ciclo feminino, a taxa normal de FSH está compreendida entre 2 e 10 mUI/ml.

Entre os 45 e 55 anos, a concentração média em estrogéneos baixa fortemente, ao passo que a taxa de FSH circulante se eleva significativamente, de 5 a 10 vezes mais.

Sintomas da menopausa

A entrada na menopausa é acompanhada de sintomas de intensidade variável, que o farmacêutico pode ajudar a identificar, nomeadamente prestando aconselhamento relativamente aos produtos que farão desaparecer os sintomas. Casos estes persistam, deve consultar-se o médico, que decidirá se é chegado o momento de prescrever um tratamento hormonal de substituição.

É muito importante tratar a menopausa a partir do aparecimento dos primeiros sinais. A menopausa, quando não é tratada, pode traduzir-se em graves consequências.

A osteoporose

A osteoporose, uma delas, corresponde a uma desmineralização óssea, enfraquecendo as zonas vertebrais. Os acidentes cardíacos são outra das consequências da menopausa, uma vez que, na ausência de tratamento, o mau colesterol eleva-se brutalmente, o débito sanguíneo diminui e as paredes das artérias endurecem.

O teste, propriamente dito, actua identificando a FSH na urina, correspondente a uma concentração mínima de 25mUI/ml. Ao mínimo sinal anunciador, o médico ou farmacêutico pode aconselhar a utilização de teste para detectar a menopausa, o primeiro teste da menopausa. Com uma fiabilidade perfeita, o teste clínico Ménotime permite determinar, em casa, a taxa de FSH.

Cada caixa de Menotime contém 2 testes, que podem ser utilizados em qualquer altura do ciclo. Se o primeiro teste se revela positivo, é conveniente utilizar o segundo entre 5 a 7 dias mais tarde, para confirmação. Assim, o diagnóstico será revelado com maior credibilidade. Na altura da menopausa surgem muitas dúvidas. O ganho de peso é uma delas.

Este factor está associado a modificações do comportamento alimentar nesta fase, e não propriamente relacionado a tratamentos hormonais. Além destes tratamentos, existem também outras alternativas não hormonais estritamente sintomáticas e que podem ser utilizadas em casos de contra-indicação da hormonoterapia.

A partir de agora, com Menotime, será mais fácil perceber se esses indícios que tem vindo a demonstrar, e se a irregularidade dos seus ciclos menstruais, tem apenas um motivo: Menopausa.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]