Tatuagem e Piercings

3823
Tatuagens e Piercings
Tatuagens e Piercings

A tatuagem representa o sentimento do interior, o piercing revela o romper das amarras sociais, a que se está há muitos anos habituado.

A arte corporal de que lhe falamos, está cada vez mais em voga na nossa sociedade. Os piercings e as tatuagens começam cada vez mais, a preencher os corpos dos homens e das mulheres portuguesas. Mas, esta forma de expressão corporal, ao contrário do que possa pensar, tem um passado de muitas centenas de anos…

Hoje em dia, é comum vermos muitos jovens com tatuagens ou piercings, em partes visíveis do corpo. Existem outras porém, em sítios menos apropriados para a visão do mero cidadão que passa ao lado da pessoa portadora da tatuagem ou do piercing e que, estão localizados em locais mais íntimos de cada um. No fundo, tratam-se de opções.

O que é certo é que esta arte de revestir ou de adornar o corpo, tem vindo a ganhar muitos adeptos por todo o mundo, incluindo no nosso país. Houve quem lhe chamasse de moda, mas outras afirmam ser uma maneira de exprimir aquilo que vai na alma, através da tatuagem, em forma de desenho ou símbolo, ou do próprio piercing.

Se a tatuagem representa o sentimento do interior, o piercing revela o romper das amarras sociais, a que se está há muitos anos habituado. De uma forma ou de outra, o que importa é que esta arte é uma opção pessoal, competindo a cada um ter a liberdade da escolha.

Quando foram descobertas as terras do Brasil, os índios e os povos de cultura diferente, já possuíam brincos no nariz, no umbigo ou mesmo na boca. Na Polinésia, por exemplo, o povo Moori, possuía diversas tatuagens no rosto e por todo o corpo.

O que aconteceu foi que, como eram os colonizadores a estarem mais próximos destas culturas, adoptaram muitas vertentes destas experiências, ficando rotulados de marginais, totalmente à parte da sociedade. A evolução desta arte tão antiga foi-se espalhando em todo o mundo evoluindo bastante e hoje, é perfeitamente comum alguém surgir com uma tatuagem ou um piercing.

As tatuagens são feitas com micro-pigmentos de origem Europeia ou Americana, utilizando agulhas descartáveis, apropriadas para esse efeito. A pessoa que procede à realização da arte de colocar piercings, recorre a máquinas esterilizadas com bicos de aço inox e piercings de aço cirúrgico.

Há que ter muito cuidado, com os materiais utilizados e a sua esterilização até porque, há que proteger os clientes de doenças, como a hepatite, HIV, fungos ou bactérias. A limpeza e a higiene do espaço e local, ou seja do ambiente, acarreta algumas responsabilidades. Se quiser aderir a esta arte, escolha bem o local e tenha em atenção o ambiente e a limpeza dos materiais utilizados.

Os responsáveis pela arte de tatuar, devem ter cerca de 5 anos de experiência deste trabalho, pois a variedade de tatuagens que existe, não pode ser feita por qualquer um. Ao escolher um local bem ambientado e limpo, pode escolher entre tatuagens a cores, somente a negro, com traços mais finos ou mais grossos, em forma de desenho ou de símbolo.

Médicos, estudantes ou advogados, de idades variadas e de extractos sociais distintos, já aderiram a este revestimento corporal que, os piercings e as tatuagens possibilitam de maneira personalizada.

Já agora, se ainda não fez e se está a ponderar essa hipótese, fique a saber que os piercings, existem em três categorias: masculinas, femininas e, imagine-se… genitais. Ficou tentado? A decisão é sua…

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]