Bons motivos para saltar á corda

3712
Saltar à corda
Saltar à corda

Saltar à corda é mais do que uma simples brincadeira de crianças, pode ser um exercício intensivo e revigorante, que poderá contribuir para a perda de peso e a tonificação do corpo em geral… por isso, saiba como saltar bem, para potenciar o seu exercício

  • É um exercício bastante Intenso. Ao saltar à corda estará a trabalhar membros superiores e inferiores ao mesmo tempo, aumentando desta forma a intensidade do exercício, ao contrário de outros equipamentos cardiovasculares.
  • É um exercício com movimentos diversificados. Saltar a corda não significa repetir o mesmo movimento. Existem imensas variações que poderá potenciar a sua capacidade de concentração, coordenação e física.
  • Não requer muito tempo. Irá sentir a diferença ao realizar este movimento de forma regular entre 5 a 20min todos os dias ou três vezes por semana. Deixe a bicicleta de lado e experimente!
  • Elevado gasto calórico. Devido à intensidade do exercício (depende da sua condição física e da intensidade com que o realiza) o seu organismo irá manter o seu ritmo metabólico mais elevado, mesmo após ter terminado, consumindo desta forma mais calorias.

Para saltar á corda correctamente, seja em que intensidade for, deverá levar em conta os seguintes aspectos:

  • Faça alongamentos/exercícios de aquecimento antes de começar a saltar.
  • Mantenha os ombros e os braços relaxados e as costas direitas.
  • Aponte os dedos dos pés para a frente.
  • Inicie o salto a partir dos dedos dos pés e aterre suavemente no peito do pé.
  • Eleve-se apenas o suficiente para deixar a corda passar por debaixo dos pés.
  • Inspire e expire sempre pelo nariz.
  • Varie os exercícios (para trás, para a frente, cruzado,…).
  • Acompanhe cada sessão de saltar á corda com a sua música energética preferida.
Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]