A Quiroginástica

0
1385

As mãos são a ponte incontestável entre o corpo e as restantes coisas do mundo. As mãos permitem-nos tocar e sentir, aquilo que com o olhar não se consegue contemplar na totalidade. As mãos são também a mais valia, que os massagistas e profissionais da estética detêm. Vamos então conhecer esta terapia: a Quiroginástica.

Antes de se iniciar a Quiroginástica é fundamental que se utilize um bom creme nutriente, tal como um desenrolar de pequenos exercícios de desenvolvimento antes de se iniciar propriamente qualquer trabalho. As mãos devem ter um aspecto cuidado e bem tratado, espalhando suavidade por todos os seus recantos para que nada incomode o cliente que vai ser confrontado com o seu tratamento.

Pequenos detalhes, como o tamanho das unhas ou mesmo a temperatura das mãos, constituem os pilares da sólida base destes profissionais da beleza. Tudo deve estar equilibrado e normalizado, de maneira a provocar os melhores resultados no paciente.. O fundamental é haver uma relação cúmplice entre o paciente da Quiroginástica e depois com o seu cliente, que recorreu aos seus serviços.

Para que possa fazer exercícios que lhe promovam o seu próprio bem estar e o dos outros, comece por um exercício simples: exerça pressão sobre os dedos colocando-os uns de frente para os outros. Vá separando-os lentamente mas sempre continuando a fazer pressão sobre os polegares, juntando depois o indicador e os restantes dedos. Repita este exercício o máximo de vezes que conseguir, até alcançar cerca de 75 vezes de uma vez.

Outros exercícios simples, mas que constituem uma autêntica ginástica para as mãos, são o gesto de roubar que é feito simbolicamente com as mãos, no qual o polegar deve ser levado até ao fim da mão. Rodar o pulso, e depois flectir e fazer extensões da mão, é outro os movimentos muito aconselhados pela Quiroginástica. A precursão digital é um exercício que atribui uma excelente base energética, consistindo em colocar as mãos em forma de garra, lançando-as uma contra a outra e depois fazendo pressão sobre os dedos.

Estes exercícios que aqui mencionamos, devem ser de início realizados num espaço mínimo de vezes por causa do esforço inicial, mas posteriormente a sua repetição deve aumentar para o dobro e depois para o triplo. Existem ainda exercícios ainda mais simples: entrelaçar os dedos das mãos, fazer pressão sobre cada dedo individualmente ou friccionar as unhas.

Normalmente, estes exercícios podem-se realizar em qualquer local e não exigem nada de especial da sua parte, a não ser um pouco de concentração e boa disposição para os realizar. De preferência devem ser realizados, antes de iniciar um qualquer trabalho. Os movimentos de rotação a todos os dedos, que com o passar das repetições se vão alargando cada vez mais, permitem que os dedos se possam soltar e libertar-se de qualquer comodidade anteriormente existente.

O profissional de estética deve ter em atenção estes movimentos para que as suas mãos, estejam na melhor forma a fim de realizar o melhor trabalho com o seu paciente. O mínimo que se exige, é a duração destes exercícios por apenas três minutos e alguns exercícios de respiração, para que a terapia decorra sempre ao mesmo nível.

Enquanto profissional e técnico de estética deve ter em atenção estes exercícios simples, valorizando o seu trabalho e o bem estar de ambas as partes. A Quiroginástica é por este motivo, a melhor ginástica para os profissionais de estética e beleza cujo principal instrumento de trabalho são as mãos.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]