A massagem de Richard Alanson

1813

As massagens são uma forma de tratamento eficaz, aplicada há imenso tempo. Richard Alanson desenvolveu a massagem que exploraria o magnetismo das células…

A massagem, seja ela de que género for, requer sempre uma técnica especial por parte do especialista. As mãos devem saber muito bem encontrar o sítio certo para produzirem o efeito devido. Assim, será alcançado o equilibrio dos tecidos e o sangue circulará naturalmente. A massagem é acima de tudo uma terapia e, como tal, a de Richard Alanson necessita do recurso fundamental à Psicologia para que possa alcançar os objectivos pretendidos.

As células possibilitam o suscitar de um campo magnético, apenas possivel devido à carga eléctrica que as mesmas gerem. Logo, todo o ser humano possui um magnetismo intrínseco que se inscreve também ele no âmbito do magnetismo terrestre. Tendo por base o magnetismo do indivíduo e da Terra, a massagem de Richard Alanson desenvolveu a sua cultura massagistica.

A massagem implica um conhecimento muito aprofundado de todo o corpo humano. Os massagistas devem conhecer cada canto do corpo e o melhor método para o mesmo ser tratado. Devem transmitir toda a confiança e profissionalismo ao paciente, de maneira a que este se sinta confortável e totalmente descontraído durante a sessão.

O verdadeiro “mestre” das massagens é aquele que consegue promover o conforto ao paciente, através da dedicação e da aplicação de todos os seus conhecimentos anatómicos. Préviamente à massagem o terapeuta deve friccionar as mãos e depois afastá-las progressivamente, assim que sentir um forte calor entre ambas. Mas, à medida que for afastando as mãos o calor deve manter-se, em sinal de que a massagem pode começar.

O paciente deve fazer semelhante exercício. Após esta fase, ambos devem juntar as palmas das mãos para ver se o calor se mantém entre ambas. Se esse calor desaparecer é sinal que as coisas não irão funcionar devidamente, mas se o aquecimento se mantiver então pode dar-se início à massagem que deverá ser realizada num local com luz ambiente.

O massagista deve sentir no seu corpo os problemas do seu paciente portanto, no final da massagem o terapeuta deve descarregar esses males eliminando-os para fora. Durante a massagem é habitual que o cliente sinta um sopro de calor ou de frio, que percorrerá todo o seu corpo. Estas sensações opostas de frio ou calor são acompanhadas também de um certo formigueiro, quer sejas nas mãos ou nos pés.

No decorrer da massagem podem surgir dores nos locais problemáticos do corpo ou em outros sítios, que aparentemente não apresentavam problemas significativos. Todas estas dores, que pode sentir no momento da massagem, são apenas uma forma de comunicação do corpo. Logo, o corpo revela que estava com problemas e que a massagem produziu um efeito positivo.

A massagem de Richard Alanson exige uma grande tranquilidade da parte do paciente e uma grande entrega de energia positiva por parte do profissional. A massagem pode resolver-lhe os problemas de stress e de ansiedade, que diariamente a afligem, conseguindo rejuvenescer os tecidos das células e reequilibrando o seu organismo físico e psíquico. Experimente!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]