A escultural beleza feminina

0
2785

Chegam os dias mais quentes e a primeira coisa em que as mulheres pensam é na sua beleza e na praia. E logo a seguir “será que o fato de banho me fica melhor este ano?”. Entre hesitações, receios e muitas olhadelas de soslaio para o espelho, eis que fica bem patente que ainda não é este ano que os olhares se vão virar à sua passagem .

Mesmo as mulheres que não são gordas podem ter de enfrentar outra barreira que se coloca entre elas e os biquinis reduzidos que se mostram nas montras.

A celulite, um dos maiores pesadelos de beleza das mulheres, e que mais sobressai nesta altura, é o resultado de uma tumefacção do tecido adiposo alojado sob a pele e que lhe confere o aspecto de casca de laranja. Os homens não têm de se preocupar com o problema, já que são as hormonas femininas, estrogénios, que determinam o enchimento das células adiposas na área entre as costelas e os joelhos.

Esta acumulação é agravada com os maus hábitos alimentares, mas não está directamente relacionada com o peso, podendo uma mulher magra apresentar estas características que não surgem numa mulher gorda, porque a formação da gordura se situa na superfície da pela.

Essencial mesmo é uma alimentação cuidada, com a ingestão de fibras e de muita água, comer a horas certas, cinco ou seis vezes ao dia, e não concentrar tudo em duas refeições, para além de um estilo de vida saudável com a prática de exercício físico.

Fica também desaconselhado o uso de roupa apertada, que impede a circulação sanguínea.

Para uma cura mais rápida da celulite, a cirurgia plástica já disponibilizou algumas técnicas, como a mesoterapia, que consiste em injectar alguns medicamentos anti-inflamatórios e estimulantes do sistema venoso directamente nos tecidos celulíticos, permitindo destruir a gordura e melhorar a microcirculação. É um tratamento doloroso, que deixa nódoas negras.

A drenagem linfática é um tipo de massagem, lenta e ritmada, que estimula a circulação linfática e que tem um efeito quase imediato no aspecto da pele e na retenção de água.

Outra técnica para acabar com a celulite é através da electroestimulação, com a aplicação de eléctrodos sobre a pele que difundem uma corrente eléctrica e contraem os músculos, o que permite uma perda de centímetros, embora não reduza o peso corporal.

A endermologia é um tratamento mais completo e com resultados superiores à lipoaspiração. É efectuado através de um aparelho com uma bomba de sucção ligada a um tubo que termina numa cabeça de cilindros rolantes. Esta operação transforma os tecidos gordurosos, libertando-as das suas sobrecargas e estimulando as células que produzem colagénio e elastina, o que faz diminuir o aspecto casca de laranja. As sessões devem ser feitas durante dois meses e meio, duas vezes por semana.

O laser também tem aplicação contra a celulite, a regenerar, tonificar e drenar os tecidos. O tratamento deve ser feito três vezes por semana, de forma a obter efeitos mais rápidos,

Em oposição às novas tecnologias coloca-se o tradicional, aplicado através da talassoterapia, quer com jactos laterais ou com banhos borbulhantes de lama, que favorecem a drenagem, diminuem as tensões musculares, tonificam a pele e a circulação e descongestionam os tecidos. O envolvimento em algas vai proporcionar uma vasodilatação da pele, eliminando toxinas e aumentando a absorção de minerais.

Os cremes funcionam nos casos de celulite mais superficial, aplicados com massagens especiais, com uma luva de crina, e fazem aumentar a capacidade de drenagem da camada superficial.

Mas estes métodos pouco servem se não houver um controlo sistemático da alimentação, acompanhada de uma rotina rigorosa de cuidados que vão evitar o retrocesso.

Já sabe o que pode fazer se quiser voltar a vestir aquele biquini de bolinhas, ou mesmo se quer optar por algo menos. E estes conselhos de beleza e vida saudável devem ser seguidos todo o ano e não apenas quando o calor aperta.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]