Contraceptivo sempre à mão, saiba como utilizar

2638
Contraceptivo sempre à mão
Contraceptivo sempre à mão

Andar com um contraceptivo, ou talvez dois, é meio caminho andado para prevenir uma gravidez indesejada ou a transmissão de doenças. Não é caro, não pesa, e pode ser muito útil!

A liberdade sexual dos tempos de hoje obriga a que seja necessário ter o máximo cuidado, sem por isso deixar de ter uns bons momentos de prazer. O facto de hoje em dia muitas pessoas não estarem ligadas a um único parceiro sexual leva a que não só se tenha que se prevenir relativamente a uma gravidez indesejada, como também ter cuidado face à transmissão de doenças sexuais.

Contraceptivo sempre à mão

Por isso, sempre que conhecer alguém, e a coisa mais tarde começar a ficar bem quente, não se iniba de solicitar o uso de contraceptivo. Todavia, e como mulher prevenida vale por duas, porque não andar você mesma com um? Aliás, o ideal era mesmo andar com dois, não vá surgir qualquer problema! Mas, o facto de andar com dois pode vir a ser igualmente positivo, pois a sua noite pode ser bem quente e ser necessário mais do que um.

O contraceptivo é utilizado há bastante tempo, mas só de há alguns anos para cá é que as pessoas começaram a ter outra ideia deste contraceptivo.

O evitar a gravidez ou as doenças sexualmente transmissíveis fizeram dele um elemento fundamental na relação sexual entre o homem e a mulher. Por isso, e se a sua noite acabar de uma forma tórrida, recorra sempre ao uso do contraceptivo para que não sofra consequências futuras.

Não existem qualquer desculpas para a falta de utilização do contraceptivo! Actualmente a  sua venda está mais que banalizada, já que qualquer pessoa pode comprá-los numa farmácia, supermercado ou sex shops.

Há contraceptivos para todos os gostos, com aromas, sabores, tamanhos e texturas diferentes, uns a preços mais acessíveis do que outros. Certamente algum será do seu agrado!

Atenção que o preservativo deve ficar bem justo para não sair do pénis, mas nunca completamente esticado, pois é necessário um pequeno espaço na ponta para o esperma.

De uma vez por todas, as pessoas devem mentalizar-se que o contraceptivo é uma obrigatoriedade nas relações sexuais dos tempos modernos. Muitas pessoas consideram o preservativo como um meio de impedir o prazer, mas é fundamental pensar-se nas consequências que podem vir atrás desse acto inconsciente. O importante é não quebrar o ambiente enquanto se coloca o preservativo, e continuar a desfrutar dos prazeres daquele momento.

Na altura em que o homem coloca o contraceptivo a cumplicidade com a sua parceira deve continuar. O contacto deve continuar a existir para que não haja uma quebra de intensidade naquele instante. Pode optar por colocá-lo recorrendo a gestos sensuais e que excitem ainda mais os corpos naquele momento. A altura ideal para ser colocado-lo é no momento dos preliminares, momento em que as ‘coisas’ estão numa fase intensa. Porém, e se a popular ‘camisinha’ não for colocada na altura e na forma correcta as coisas podem descambar ali mesmo!

Tudo isto é uma questão de jogo de sedução, em que o contraceptivo pode servir para ser mais um elemento que dá vida ao acto sexual. Mentalize-se que o uso deste é imperial, e que é tudo uma questão de saber fazer as coisas. Porém, convém ter certos cuidados!

Não utilize as unhas ou os dentes ao abrir a embalagem para não rasgar o contraceptivo, e nada de o guardar no bolso das calças ou na carteira por causa do calor.

Esperemos que siga os nossos conselhos, pois o contraceptivo é mesmo o seu melhor ‘amigo’ nas relações sexuais!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]