Ana Salazar, o percurso desta designer de moda portuguesa

3815
Ana Salazar - estilista
Ana Salazar - estilista

Ana Salazar é natural de Lisboa, onde ainda vive. O seu trabalho inclui design e criação de peças ao nível do vestuário de senhora, acessórios, perfumes e cerâmica.

Ana Salazar

Tem três lojas próprias em Lisboa e está representada em inúmeros pontos de venda em todo o país e no Mundo, nomeadamente, em França, na Bélgica, nos Estados Unidos e no Japão.

O percurso

Anos 70 – estreia-se no mundo da Moda, sendo responsável pelos primeiros desfiles, exposições, catálogos e outros acontecimentos, em Portugal.

1980/84 – estão à venda as primeiras coleções com a sua marca, em diversas lojas de Lisboa, nomeadamente, na Avenida de Roma e na Rua do Carmo;

  • inicia uma colaboração regular com a indústria portuguesa, torna-se a coordenadora do sector da moda;
  • desenha e produz uniformes para várias empresas de transportes, como a CP e a AIR Atlantis.

1985 – abertura da primeira loja e do primeiro showroom em Paris.

1987/88 – representação de Portugal no Festival International de La Mode de Paris;

  • participação nas exposições “La mode au XXÉME Siécle” – Museu do Louvre, Paris e Museu do Traje, Lisboa;
  • criação de acessórios para os museus do Instituto Português do Património Cultural;
  • participação na exposição “Histoires de mode d’hier e D’aujourd’hui” – Museu das Artes e da Moda, Paris;
  • assinatura de contrato com um grupo francês para fabrico e venda a nível internacional, das coleções Ana Salazar;
  • primeiras apresentações em Milão e Nova Iorque.

1989 – Gilles Lipovetsky e Manuel Maria Carrilho são seus “parceiros” num debate sobre “A individualidade da Moda: constrangimentos e liberalização” – Instituto Franco-Português, Lisboa.

  • lança o primeiro perfume da marca Ana Salazar.
  • lança a linha Maison.

1990 – participação da exposiçã “Traje: um objectivo de arte?” – Fundação Gulbenkian, Lisboa;

  •  assinatura de acordo com um grupo internacional para lançamento da linha de óculos Ana Salazar,
  • criação dos figurinos para “Casa de bonecas”,  peça de teatro de IBSEN, levada á cena pelo Teatro da Politécnica;

1991 – lançamento do projecto Moda Cerâmica – azulejos para pavimentos e revestimentos;

  • Design e realização das fardas para o pavilhão de Portugal na EXPO ’92;
  • Participação na EUROPÁLIA, ao nível da moda e design de objectos;

1992 – participação na Semana da Cultura Portuguesa em Paris;

  • criação dos figurinos para a peça de teatro “DINIS E ISABEL”, de António Patrício;
  • criação dos figurinos para “SEREIAS E LOLOBRÍGIDAS”, bailado coreografado por Margarida  Bettencourt.

1993 – participação na exposição internacional “Variations gitanes”, com um escultura de sua autoria – Museu do Louvre, Paris;

  • participação, como oradora convidada, numa Conferência sobre “A MODA EM PORTUGAL” – Fundação Gulbenkian – Paris;

1995 – criação de um colecção de copos em Cristal Atlantis, a convite das Colecções Philae.

1996 – lançamento do perfume Ana Salazar para Homem;

  • participação na exposição “TRAJE DE NOIVA 1800 – 2000”, com um vestido de noiva especialmente criado para o efeito – Museu do Traje – Lisboa.

1997 – Ana Salazar é distinguida, pelo Presidente da República, com a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique;

  • O jornal EXPRESSO atribui-lhe o prémio “25 ANOS, 25 NOMES”.

1998 – a agência Elite Model Look atribui-lhe o Prémio de Carreira.

1999 – representação de Portugal na exposição “Balenciaga” – Congresso Europeu do Têxtil – Espanha;

  • participação na conferência de designers de moda – Espanha;
  • a revista NOVA GENTE atribui-lhe o prémio MELHOR CRIADOR;
  • lançamento da Eau de Toilette Ana Salazar;
  • a associação MODA LISBOA atribui-lhe o prémio de PRESTÍGIO MODA LISBOA, que distingue o seu papel na evolução da moda em Portugal;
  • participação na exposição “MODA PORTUGUESA: A REVELAÇÃO” – Paris.
Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]