Cabelos espigados, qual o motivo deste problema

9881
Cabelos espigados, como prevenir
Cabelos espigados, como prevenir

Ainda há bem pouco tempo cortou o cabelo espigado, e agora, pouco tempo depois, já encontrou uma quantidade infindável de pontas espigadas. Mas, qual o motivo do aparecimento do problema dos cabelos espigados ?

Cabelos espigados

Cortou o cabelo há relativamente pouco tempo. Na altura, fez um exame minucioso ao estado do seu cabelo e sentiu-o mais forte do que nunca. Estava bonito, brilhante, sedoso, e transpirava beleza! Hoje, apenas algum tempo depois, as pontas espigadas apareceram novamente para mal dos seus pecados.

Qual a solução para o problema?

De facto, o aconselhável é um outro corte, mas certamente o problema das suas pontas espigadas esconde outros fatores por trás deste para os quais deve estar completamente informada.

O cabelo começa a ficar espigado devido à danificação da cutícula, zona externa do fio de cabelo. Quando a cutícula fica danificada, a área responsável pelo equilíbrio, saúde e firmeza do cabelo fica exposta, tornando-o fraco, baço, seco e espigado.

As pontas começam a abrir em dois e torna-se cada vez mais complicado remediar o problema, a não ser que o cabelo seja cortado. Por isso, e quando você tem o cabelo espigado, dá-lhe a sensação que ele não cresce, mas o que acontece realmente é que ele cresce na raiz mas não consegue progredir para as pontas já que estas estão danificadas.

Periodicidade do corte do cabelo

Os especialistas em cabelos afirmam que os fios de cabelo crescem cerca de 1 cm por mês, mas esse cabelo que cresce convém que nasça devidamente saudável.

Para manter um cabelo bonito e a resplandecer de beleza, convém que o cabelo seja cortado, em média, de 2 em 2 meses, por forma a garantir que há uma renovação capilar e para evitar o aparecimento de pontas espigadas indesejáveis.

Existem bons produtos no mercado que permitem uma melhor prevenção das pontas espigadas, mas prefira sempre os que contêm óleos de amêndoas, jojoba, algas marinhas, silicone ou ceramida, já que são estes os mais eficazes.

Alimentação saudável

Uma alimentação adequada é também imprescindível para garantir um cabelo belo e sem pontas espigadas. Frutas, verduras, ovos, cereais, peixe, carnes, ou leite, são alguns dos alimentos essenciais para garantir um cabelo forte e sem problemas nas pontas.

Fumar, beber muito álcool, ingerir muitas gorduras, sal, e doces, podem piorar o aspecto do seu cabelo.

Como pode comprovar, a alimentação é importante para quase todos os problemas do nosso corpo, quer seja de ordem estética ou orgânica, e o cabelo não é excepção.

O cabelo necessita igualmente de bons produtos que o protejam das agressões do dia a dia, quer seja do frio, vento, sol, chuva, fumos, ou outros agressores responsáveis por uma fraca apresentação. Como tal, o cabelo necessita estar devidamente protegido das mesmas através da utilização de um bom shampoo, amaciador, e produto para as pontas.

Uma máscara capilar é igualmente muito benéfica para o cabelo. Não se esqueça nunca de cuidar dele com a máxima dedicação. Quando estiver a lavar o cabelo não pense em esfregá-lo, mas sim massajar o couro cabeludo, à medida que o está a lavar e enxaguar.

Lavagem do cabelo

O excesso de pinturas, permanentes, ondulações, bem como secar sistematicamente o cabelo com secador, é extremamente prejudicial. Daí que seja normal, e estando o cabelo mais frágil, existir uma maior tendência para que o mesmo sofra consequências mais rapidamente.

As pontas espigadas são algumas dessas temidas consequências. Lave-o convenientemente, recorrendo a produtos que satisfaçam as necessidades dos seus cabelos, e posteriormente retire muito bem todos os resíduos da lavagem. A melhor opção é mesmo deixá-lo secar por ele mesmo e ao natural!

Preparada para ir sair? Óptimo, pois temos a certeza que a partir de agora vai tratar dos seus cabelos espigados com o dobro de carinho e atenção!

Classificação
A sua opinião
[Total: 4 Média: 4.3]