Tenha uma boa postura e diga adeus à barriguinha

1956
Foto: Thinkstock

Chegado o Verão o seu corpo começa a ficar cada vez mais ao descoberto. Começam a ver-se aqueles pneuzinhos e a barriga começa a ser um dos seus problemas principais.

A mulher deseja ter um corpo quase perfeito, e dessa perfeição faz parte ter uma barriga lisa e durinha. Todavia, muitas são as mulheres que se sentem inibidas em usar um top ou umas calças de cintura descaída, devido às gordurinhas acumuladas nessa zona do corpo. As dietas parecem não resultar, pois mesmo que emagreça esses pneuzinhos tendem a permancer no mesmo sítio.

O que muitas mulheres desconhecem é que o facto de ter aquela barriga não implica necessariamente excesso de gordura acumulada. Em muitas situações essa saliência que tanto a incomoda tem a ver com problemas de ordem alheia à gordura, que projectam a barriga mais para a frente. Outros casos revelam uma flacidez dos músculos da zona abdominal, o que origina uma posição incorrecta dos orgãos internos.

Assim, deve consultar um médico para saber qual a origem dessa barriguinha que a preocupa. Para além dos problemas atrás referidos, pode ainda acontecer que a questão se centre em distúrbios no estômago ou no intestino, ou ainda devido a problemas de coluna. Portanto, um bom diagnóstico da sua situação, realizado por um médico, é o melhor para a sua boa forma.

Não resolvendo a dieta o problema de tamanho da sua barriga, opte por realizar alguns exercícios que aqui lhe recomendamos. Cuidado, pois nunca deve retirar a coluna lombar do chão e a força que exerce deve ser na barriga e nunca no pescoço. Deitada no chão, una as pernas e eleve-as com os joelhos flectidos. Coloque as mãos atrás da nuca e levante ligeiramente a parte dos ombros e o início das costas. Sustenha esta posição por alguns segundos, aguentando ao máximo.

Posteriormente, leve os joelhos na posição que estava anteriormente até ao tronco e levante a zona cervical. Sustenha a posição e repita o exercício, elevando sempre a cervical e os quadris. Depois, e com as mãos atrás da nuca, levante a perna direita flectindo o joelho direito. Coloque-se o tronco ligeiramente de lado e tente chegar o cotovelo esquerdo ao joelho direito. Volte à posição inicial e faça o mesmo exercício, mas com a perna contrária e com o tronco inclinado para o lado oposto.

A sua postura deve ser a correcta para que a barriga não sofra as consequências posteriores. Assim, sente-se no chão e ponha um dedo na zona do cóccix, que é o último osso da coluna, e mantenha-se nessa posição estando totalmente direita e com a coluna alinhada. Ao retirar o dedo note se sente alguma dificuldade em o remover. Caso isso aconteça é porque habitualmente projecta o corpo para trás, e nunca está na posição correcta dando origem a uma aparente gordura que, se calhar, nem existe.

Deite-se e traga um joelho flectido com as mãos até à barriga. Mantenha-o nessa posição e bem contra a barriga, sem o forçar em demasia. As suas vértebras devem estar todas encostadas ao chão, e após realizar o exercício com um joelho, faça-o em seguida com o outro. Estes exercícios que aqui lhe deixamos devem ser realizados de 10 a 20 vezes ao dia, para que possam produzir um bom efeito.

A sua barriga tenderá a ficar mais rija e assim ficará a saber, com todos estes exercícios, se se tratava de um problema de posição ou apenas um problema de gordura acumulada. Antes de os realizar aconselhe-se com um médico, e poderá ficar a saber todas as regras indispensáveis para que o êxito seja total.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]