Origem dos diferentes Piercings

5348
Piercing na orelha
Piercing na orelha

As primeiras aparições de piercings vêm do Antigo Egipto onde apenas aos faraós e as famílias reais se permitiam fazer esse tipo de piercings.

Os piercings mais comuns em diferentes partes do corpo e do mundo:

Lóbulo da orelha – Este é de longe o piercing mais comum na história. Antigamente distinguia uma pessoa rica de uma pobre. Os marinheiros colocavam piercings acreditando que estes lhes davam melhor visão. Os Romanos associavam o piercing na orelha à riqueza e à luxúria. As tribos Sul-Americanas e Africanas faziam piercings e alargavam o furo… quanto maior o furo, maior era o seu status social.

Nariz – O nostril (aba do nariz) originou-se no oriente médio há 4000 anos. Espalhou-se para a Índia no século XVI, quando foi rapidamente adoptado pelas castas nobres. Cada tipo de jóias distinguia a casta e a posição social. Este piercing foi introduzido no oeste pela cultura “hippie” que viajou pela Índia nos anos 60 e 70, e foi também adoptado rapidamente pelos “Punks”, e outras culturas jovens dos anos 80 e 90.

Língua – Nos templos Astecas e Maias, os sacerdotes faziam piercings na língua como parte de um ritual de comunicação com os deuses.

Lábios – A boca e os lábios são partes sensuais do corpo e poderosos afrodisíacos. Era, então, natural que as castas mais altas dos Astecas e Maias adornassem os seus lábios com labutes de puro ouro. Em África, as mulheres da tribo Makolo usam pratos chamados “Pelele” nos seus lábios superiores, para atrair os homens da sua tribo. Tribos indígenas da América Central e do Sul, incluindo os índios brasileiros, fazem piercings nos lábios inferiores e alargam os furos para colocar pratos de madeira.

Mamilos – O piercing no mamilo era considerado símbolo de força e virilidade. Os nativos da América Central faziam piercings nos mamilos como marca de transição da masculinidade. Em 1890 houve uma “coqueluche” de mulheres Vitorianas que faziam piercings nos seus mamilos com jóias vendidas por famosos joalheiros de Paris.

Umbigo – As primeiras aparições de piercings no umbigo vêm do Antigo Egipto onde apenas aos faraós e as famílias reais se permitiam fazer esse tipo de piercings. Hoje, é o piercing mais realizado em todo mundo.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]