Conhece o seu tipo de pele?

2463
Qual é o seu tipo de pele
Qual é o seu tipo de pele

A pele é a nossa protecção, e a nossa imagem. É necessário conhecê-la e saber como cuidá-la.

Ao longo de toda a vida, a pele é a parte do corpo que mais agressões sofre no dia-a-dia, e portanto devemos tratá-la com especial atenção, pois para além de ser a nossa “capa” de protecção e a nossa imagem junto dos outros, é também particularmente sensível e precisa de muitos cuidados para que se mantenha saudável.

Uma pele bem tratada faz-nos sentir mais jovens e com mais confiança em nós próprias. Para conhecermos um pouco melhor a nossa pele é necessário, em primeiro lugar, identificar uma série de factores – como a hidratação, o funcionamento das glândulas sebáceas e o envelhecimento – e a forma como estes factores condicionam e influenciam a saúde e a juventude da pele.

O primeiro factor que temos de tomar atenção para conhecer a nossa pele é o grau de hidratação. A pele bem hidratada parece a pele de uma criança, apresentando-se lisa, firme e aveludada.

Uma pele que apresente uma ligeira esfoliação, mesmo durante o verão, revela um grau elevado de desidratação. Neste caso estamos perante um tipo de pele seca.

Caso a pele esteja profundamente desidratada, perde a firmeza e apresenta uma camada de rugas muito fina e falta de flexibilidade. Nas peles muito finas, em que a camada protectora diminui drasticamente devido às secreções sebáceas, a desidratação profunda é frequente.

A desidratação pode ser apenas superficial, geralmente devido a efeitos provocados pelo meio ambiente (calor, vento, poluição) ou profunda – e neste caso geralmente provocada por causas orgânicas, sendo o maior responsável o avançar da idade.

A importância das glândulas sebáceas

Um funcionamento diminuto das glândulas sebáceas faz com que a pele se torne seca e áspera, apresentando um aspecto danificado. Nestes casos estamos sempre em presença de uma pele sensível.

No caso de as glândulas sebáceas serem demasiado activas, a pele torna-se oleosa e reluzente no eixo facial. Os poros são dilatados e existe a tendência para o aparecimento dos tão indesejáveis pontos negros.

Primeiros sinais de envelhecimento

Os primeiros sinais de envelhecimento surgem naturalmente ao nível da pele, quando esta começa a apresentar uma certa flacidez, especialmente na zona do pescoço, perdendo firmeza e elasticidade. Surgem as primeiras rugas acentuadas e, por vezes, uma certa desidratação. Podem existir ainda algumas alterações ao nível da pigmentação.

Para o devido esclarecimento acerca da melhor forma de tratar o seu tipo de pele, não hesite em contactar o seu dermatologista.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]