Limpeza do organismo com o Método Adamski

2090
Método Adamski
Método Adamski

Normalmente reconhece-se que as massagens auxiliam os músculos a descontrair-se e o corpo a relaxar. No entanto talvez não saiba que as massagens podem também servir para efectuar uma limpeza ao organismo, como o método Adamski manual

Método Adamski

A pressão dos dedos sobre zonas definidas e uma alimentação regular são as bases para este método de limpeza do sistema digestivo, permitindo uma melhor eliminação de toxinas pelo organismo, que provocam problemas de pele, celulite, obesidade, stress, nevralgias e problemas de circulação.

As diferentes doenças que os pacientes apresentam ficam a dever-se, nas palavras do autor deste método Frank Adamski, a “um trânsito deficiente no sistema digestivo, provocado por uma espécie de tártaro que se cola às paredes do tubo digestivo, quase ao ponto de a obstruir completamente”.

As impurezas acumulam-se ao longo dos anos em camadas nas paredes do organismo a que se juntam os alimentos absorvidos originando as queixas já referidas. A zona mais afectada com esta acumulação é o duodeno, a parte do tubo digestivo que se situa antes do intestino delgado e que se compõe de duas curvas, sendo que a maior acumulação acontece ao nível da primeira curva, que recebe as secreções do pâncreas, fígado e vesícula.

Quando a acumulação de detritos é elevada, perturba o funcionamento destes três órgãos. Além disso, os resíduos não eliminados são absorvidos pelo sangue e vão intoxicar outros órgãos.

O método Adamski consiste em induzir uma pequena deslocação do órgão para permitir a descolagem dos depósitos de resíduos. A técnica demora cerca de quatro a cinco minutos e tem uma eficácia garantida.

Para complemento do tratamento é necessário que se tomem algumas precauções alimentares sugeridas pelo terapeuta, como consumir azeite de boa qualidade, e não associar alimentos ácidos como iogurte e fruta com alimentos não-ácidos.

A associação destes dois tipos de alimentos é muito comum na alimentação mas fermenta no organismo, aumentando os gazes e inchaços.

Beneficios deste método

Este processo permite ao tubo digestivo períodos de actividade e outros de repouso absoluto, de forma a permitir uma auto-limpeza, uma vez que os dois tipos de alimentos não têm a mesma duração de trânsito – os ácidos transitam em 30 minutos ao passo que os não-ácidos fazem a viagem em 3 ou 4 horas. Quando se encontram durante a digestão, a fermentação pode durar 17 a 18 horas.

Um truque que pode servir para todas as pessoas é não consumirem fruta de manhã, guardando mesmo o sumo de laranja tomado ao pequeno-almoço para a tarde, de preferência depois das 17 horas.

O processo demorará um total de três meses e permite limpar completamente o tubo digestivo, sendo que o bem-estar físico é notado quase de imediato, com uma diminuição dos inchaços, das obstipações e dos enfartamentos.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]