Fora com os Pelos

1535

Para quem não quer perder muito tempo nos centros de beleza ou em casa, a sofrer com as bandas de cera, existem já métodos que removem permanentemente os pêlos.

São quatro os processos de depilação por laser que pode optar: o alexandrite, o eplilight, o diodo 800 e o laser rubi. A depilação a laser pode ser a solução, por se tratar de um método rápido, eficaz e seguro, que existe há pouco tempo no nosso país, mas tem dois requisitos: deve ser feito por médicos e não pode ser aplicado em peles bronzeadas.

Os especialistas recomendam que duas semanas antes do início do tratamento se evite a exposição solar, assim como nas duas semanas seguintes. Uma pele escura vai dificultar os tratamentos, que se tornarão mais demorados e logo mais caros.

O tratamento depende da pigmentação da pele e da extensão a depilar. Quanto mais bronzeada a pele mais difícil é o tratamento e a depilação não é absolutamente definitiva, apenas acontece com uma elevada quantidade de pêlos.

No caso de serem utilizados por pessoas sem formação específica, os instrumentos podem provocar queimaduras e cicatrizes nas zonas depiladas.

E não pense que é só o sexo feminino que corre a eliminar pêlos. Os homens também optam por estas técnicas, quer os que precisam de se barbear duas a três vezes por dia, ou os que apresentam demasiada pilosidade no tronco.

Se a assusta estas técnicas, ou se a bolsa não dá para tanto, pode optar por cremes depilatórios, descolorantes ou a velha, e não muito fiel, gilette da barba dele.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]