Rinite, sintomas e causas desta doença alergénica sazonal

2537
Rinite, sintomas e causas desta doença alergénica sazonal
Rinite, sintomas e causas desta doença alergénica sazonal

Mais de 60 milhões de pessoas em todo o mundo são afetadas por esta doença. A Mulher Portuguesa dá-lhe a conhecer algumas diretrizes da Rinite.

Rinite

É um dos problemas que afeta uma percentagem considerável da nossa população. A Rinite Alérgica traduz-se por ser uma inflamação das mucosas, que dá sempre o seu sinal de presença a partir do momento em que um alergénio chega ao interior do nariz.

Normalmente, faz-se sentir na altura da Primavera ou do Outono, altura em que, no primeiro caso, acontece a polinização e que, no segundo caso, surgem os bolores. A este tipo de Rinite dá-se o nome de Rinite sazonal, o que significa que a mesma é apenas esporádica e temporária. Mas, quando se trata de uma rinite permanente os sinais manifestam-se à mínima partícula de pó, bolores ou insectos.

Sintomas

Os sinais são já bastante conhecidos: comichão no nariz, espirros, corrimento nasal, nariz entupido, que pode originar uma comichão inexplicável nos olhos. O problema para que este tipo de reações surja é que uma pessoa com Rinite produz excesso de anti-corpos IgE, provocando uma reação inesperada e característica deste problema.

O doente que suspeita estar a contrair Rinite, ou caso note que a mesma se manifesta permanentemente, deve consultar um médico. Após ter realizado testes cutâneos e ter a respectiva diagnosticação do problema, o melhor a fazer é evitar ao máximo as partículas que lhe causam as acções referidas anteriormente.

Contudo, o contacto com as impurezas e a poluição que se manisfesta ao nosso redor no dia a dia dificulta em muito a cura desta alergia. Assim, e caso continue com o mesmo tipo de reações, a solução é recorrer a medicamentos que devem ser receitados pelo seu médico. Não siga o conselho do seu vizinho, pois a situação dele pode ser diferente da sua e você acaba por fazer ainda pior a si mesma.

Habitualmente as pessoas julgam estar a contrair uma simples constipação, quando na verdade o que acontece é que se trata de uma Rinite Alérgica. Caso não tenha febre, sinta uma congestão nasal, e comichão nos olhos e nariz, o mais certo é ter uma Rinite e não uma constipação. Até porque o cansaço e a fraqueza, típicos da constipação, não se inscrevem no quadro dos sintomas.

Logo a seguir ao contacto com o alergénio os sintomas atrás referidos começam logo a fazer-se sentir uma constipação os sintomas só se manifestam três dias após o contacto com o vírus. Convém não esquecer que uma constipação dura cinco ou sete dias, não mais, e uma Rinite prevalece enquanto se mantiver o contacto com o alergénio.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]