Medir a glicemia – um gesto diário de combate à diabetes

4174
Medir a glicemia - um gesto diário de combate à diabetes

Medir a glicemia é um gesto que os doentes com diabetes aprendem a fazer com regularidade ao longo do dia e que muitas vezes antecipa situações mais complexas.

O que é a hipoglicemia?

A hipoglicemia significa baixos níveis de açúcar no sangue, o que pode levar a um conjunto de situações de risco, como a inconsciência, o coma ou mesmo a morte.

É sem dúvida uma das complicações mais importante para as pessoas com diabetes, em especialmente naqueles que são tratados com insulina.

Os utilizadores de insulina têm de monitorizar frequentemente (várias vezes por dia) os seus níveis de glicemia para se certificarem que estes não estão abaixo de 70mg/dl (embora estes valores indicativos possam variar de doente para doente).

Abaixo deste nível, existem fortes probabilidades de sofrer uma hipoglicemia. É, por isso, importante que o doente diabético saiba reconhecer os sinais da hipoglicemia e aprenda a agir em consonância, como, por exemplo, ingerir imediatamente um pouco de açúcar.

Estima-se que em Portugal, segundo dados da SPD e da OMS, existem cerca de 500 mil diabéticos, prevendo-se duplicação de pessoas afetadas pela doença daqui a 20 anos.

Mais de metade das pessoas que têm diabetes, não sabem que têm a doença.

Medir a glicemia – pela sua saúde

Um dos objetivos da investigação cientifica focada na diabetes é conseguir que a avaliação da glicemia nos doentes diabéticos seja praticamente indolor e o mais confortável possível, tendo em conta que os doentes têm de fazer esse auto-controlo várias vezes ao dia.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]