Deixar de fumar, faça-o pela sua saúde

2557
Deixar de fumar, faça-o pela sua saúde
Deixar de fumar, faça-o pela sua saúde

E que tal aproveitar este exacto momento para deixar de vez a nicotina. Ainda que saibamos que não é fácil, acredite que com um pouco de vontade vai conseguir deixar de fumar!

Começou ainda na adolescência quando queria experimentar qual era a sensação de fumar. De uma pequena experiência passou ao gosto, e deste até ao vício foi apenas um passo. Agora está dependente da nicotina, e deixar de fumar parece-lhe uma autêntica tortura.

Deixar de fumar

Não se imagina a tomar café sem um cigarro? Ou a tomar uma boa bebida, num bar, à noite, sem sentir o fumo a sair-lhe pelos lábios? Deixe-se disso, pois as coisas podem-se remediar se tiver um pouco de força de vontade e se pensar, apenas por escassos instantes, o mal que o tabaco faz à sua saúde, talvez veja as coisas de uma outra forma. Acredite em si!

Cancro do pulmão

O cancro do pulmão ou graves problemas cardiovasculares são apenas alguns dos males nefastos que a dependência do tabaco provoca. Inicialmente encarado como uma simples experiência, começar a fumar diariamente torna-se num vício quase banal na nossa sociedade, apesar das inúmeras campanhas e informações que advertem para os seus perigos.

Sendo um vício caro e prejudicial à saúde, o tabaco infiltrou-se em todas as classe sociais e categorias sócio profissionais, havendo mesmo quem afirme que só consegue descontrair quando tem um cigarro entre os dedos.

Se o stress pode ser combatido a partir de diversas formas, o tabaco é considerado pelos fumadores como a forma mais eficaz de relaxar. Mas, e paralelamente a esta descontração, sucedem graves riscos para a saúde, nomeadamente para os pulmões e coração, que sofrem com a presença deste vício. Partindo do pressuposto que tudo aquilo que causa dependência e vício é considerado como droga, poder-se-á dizer que o tabaco é a droga mundial mais facilmente vendida e que mais adeptos possui nos quatro cantos do mundo.

As mulheres e o tabaco

As mulheres estão a fumar cada vez mais, e além dos problemas provocados pelo tabaco acabam por estar sujeitas a mais perigos do que o homem, devido às consequências negativas que o tabaco produz no seu aparelho reprodutor.

Como deixar de fumar

Com o começo de um novo ano inicia-se também um novo ciclo, e esta pode ser a altura ideal para colocar de lado velhos hábitos prejudiciais para a sua saúde. Fumar deve ser um deles!

Comece por consciencializar-se daquilo que ganha se deixar de fumar: preserva a sua pele, uma vez que o tabaco tem um péssimo efeito na pele, melhora o seu coração, permite que os seus pulmões trabalhem melhor, não corre tantos riscos de sofrer problemas ao nível reprodutor, e poupa bastante dinheiro quando fizer as suas contas mensais. Mas, deixar de fumar não deve ser algo gradual.

Se decidir começar amanhã a ser uma pessoa saudável mentalize-se disso hoje mesmo, e não opte pela velha história de ir reduzindo o consumo. Isso raramente dá um bom resultado!

Se é uma daquelas pessoas que não consegue deixar de fumar um cigarro no momento em que for beber café, corte também com o café, pelo menos numa fase inicial. Assim, elimina dois males de uma vez: a cafeína e nicotina.

A seguir às refeições não pense que, antigamente, costumava fumar um cigarro, mas sim que a seguir vai ter com aquela amiga de longa data, que tem que ir ao cabeleireiro, ou que tem um pilha de trabalho para fazer. Esqueça esse pequeno momento do seu dia a dia, e concentre-se em outras tarefas!

Se costuma frequentar a noite, estar com amigos, ou em ambientes onde se fuma muito, terá que ter uma força de vontade ainda maior. Mas, e caso considere essencial para a sua saúde, evite ambientes onde o tabaco seja uma constante. Se estiver a ver todos a fumar, ser-lhe-á quase impossível resistir! Pela sua saúde todos os esforços são justificáveis, ou não?

Pense em coisas importantes para si para esquecer o prazer que fumar lhe proporciona. Concentre-se somente nessas coisas, e não esteja sistematicamente a pensar que vai deixar de fumar. Quando o decidir, pense que é algo que não pode ter retorno, quase como algo sagrado, e talvez assim consiga ter uma outra visão das coisas.

Mascar pastilhas de mentol costuma ter um efeito positivo para algumas pessoas, que assim esquecem um pouco a necessidade de fumar um cigarro. Experimente! Não caia em tentação porque alguém lhe diz que só um cigarro não faz mal, pois o mais certo é atrás desse virem mais quatro ou cinco. Seja fiel a si mesma e àquilo em que acredita: a sua força de vontade!

Não vai ser fácil deixar de fumar, mas isso você já sabe! O vício que o tabaco lhe deixou no organismo vai levá-la, possivelmente, a andar mais irritada, de mau humor, com pouca paciência, e com um grau de ansiedade muito grande. Não entre em paranóia, pois isso é perfeitamente normal e é a forma do corpo se defender da ausência de nicotina.

Um tempo depois tudo estará restabelecido! Aprenda, de uma vez, a cuidar mais de si mesma e a dar mais importância à sua saúde. Siga a velha máxima do início do ano, “Ano Novo, Vida Nova”, e coloque o tabaco de parte!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]