Bronzeie-se a Si Mesma

1413

Os autobronzeadores estão em voga há já algum tempo. Muitas são as pessoas que recorrem a este tipo de bronzeado, até porque os efeitos secundários são nulos.

Você adorava ter aquela cor, mas a sua pele nunca conseguiu ficar com semelhante tom. A solução é recorrer a um dos muitos autobronzeadores existentes no mercado. Alguns deles apresentam um preço acessível, outros nem por isso, mas todos eles têm uma função: bronzear a sua pele apenas com algumas aplicações. Pouco tempo depois a sua pele ganha uma nova luz e brilho, fruto da aplicação deste produto.

Não se conhecem efeitos nefastos do uso dos autobronzeadores, mas também não é necessário estar a usá-los o ano inteiro. Ainda para mais porque no Inverno é um pouco difícil ter aquela cor luminosa e intensa que estes produtos conferem à sua pele. Muito rápidos de serem aplicados, estes produtos conseguem dar uma cor bastante natural ao seu rosto e corpo, mas para isso é necessário que sejam devidamente aplicados.

Antes de mais, e mesmo antes de aplicar o autobronzeador, deve fazer uma esfoliação da zona que pretende bronzear. Assim, a pele ficará rejuvenescida e perfeitamente limpa. Em seguida aplique também um hidratante, por forma a que seja mais fácil a penetração na pele do autobronzeador. O produto deve ser espalhado muito bem, de maneira uniforme, sem ser colocado em excesso. O facto de o colocar em excesso numa determinada zona, e colocar a menos em outra, fará com que a pele não fique toda da mesma cor.

Comece por colocar primeiro uma dose mínima. Você não sabe se o produto vai deixar a sua pele muito escura ou não, e assim ficará a ter uma ideia do tom que o autobronzeador dá à sua pele. As pessoas, em muitos casos, exageram na dose e depois arrependem-se de terem colocado tanto. Por isso, aplique primeiro pouco e, depois, se quiser um tom mais escuro, já poderá gerir o que realmente pretende.

O produto deve ser espalhado primeiro nas pernas, braços, costas, peito, rosto, e só no final é que deve aplicá-lo em zonas com mais pregas como é o caso dos calcanhares ou dos cotovelos. E, nestas zonas, devem apenas ser aplicados apenas os restos, ou seja, os poucos resíduos que lhe ficaram na mão após já ter aplicado no corpo todo. Aplicar muito nessas zonas deixa antever de antemão que o bronzeado é artificial!

Ao aplicar o autobronzeador no rosto terá que ter muito cuidado para não ficarem marcas. A aplicação do produto deve ser feita como a aplicação da base, isto é, de forma uniforme. Comece a aplicá-la em zonas mais amplas como a testa, maçãs do rosto, sem nunca esquecer o nariz. Se reparar bem estas são as zonas que ficam mais queimadas com o sol, por isso devem ser também as primeiras onde o produto deve ser aplicado. Com os resíduos que ficarem na sua mão, aplique-os no queixo, pescoço e orelhas.

Atenção que não deve ficar qualquer marca no seu corpo ou rosto que denuncie o uso de um auto bronzeador. O produto deve ser aplicado em todos os recantos do seu rosto e corpo, tendo sempre bem presente que há zonas que com o sol ficam mais morenas que outras. Delicie-se com o seu novo bronzeado!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]