Conheça os diversos métodos de depilação disponíveis

2289
Métodos de depilação

Nada melhor para uma depilação eficaz, do que conhecer os métodos de depilação disponíveis no mercado e conhecer as características de cada um deles.

Antigamente as formas de depilação eram muito limitadas. Recorria-se apenas à gilete ou máquina de barbear do marido, do pai ou do irmão, ou à cera, e os processos não eram aplicados numa componente estética tão intensa como nos dias de hoje.

Métodos de depilação

Atualmente, a vasta gama de produtos no mercado permite-lhe escolher entre uma série deles, consoante as suas necessidades e o seu tipo de pele. Resta-lhe apenas fazer a sua escolha, tendo em conta que muitos deles são eficazes por um período longo de tempo e outros limitam-se apenas a alguns dias sem sentir a presença dos pêlos.

Depilação eléctrica

Surgida há já algum tempo, a depiladora eléctrica foi um dos principais avanços nesta área. É um método eficaz e de fácil manutenção, que pode ser utilizado em qualquer altura, quer se fique por uma férias na sua área de residência ou vá para longe. Os pêlos demoram algum tempo a crescer, pelo menos mais tempo do que se praticasse uma depilação com gilete. Embora possa sentir uma certa dor de início, aquando das primeiras utilizações, essa sensação tenderá a ser algo habitual com o tempo.

Ainda que a depiladora eléctrica seja um método utilizado hoje em dia, e embora tenha que ter cuidado com zonas mais sensíveis por causa dos pêlos encravados, como é o caso das virilhas, a depilação feita com a vulgar gilete é ainda um dos métodos ao qual as mulheres mais recorrem, mesmo com todos os avanços registados nesta área.

A lâmina

A gilete é, indubitavelmente, um processo rápido, o mais rápido de todos, mas tem o problema de o pêlo voltar a nascer mais rápido do que com qualquer outro método. Se esta é a sua forma de depilação, recorra a uma gilete daquelas especialmente concebidas para mulheres, mas nunca dispense a utilização de um creme apropriado para esse efeito por causa de eventuais problemas na pele, como é o caso de cortes indesejados.

Cremes depilatórios

Há ainda no mercado uma vasta gama de cremes depilatórios, das mais variadas marcas. É apenas uma questão de experimentar e ver qual é aquele que mais se apropria a si e à sua pele, experimentando sempre o produto numa zona mínima, para ver se o creme depilatório não cria irritação na pele.

Dura ainda algum tempo para o pêlo crescer, mas saiba que alguns destes cremes têm um cheiro desagradável e outros podem não ser muito benéficos para peles ultra sensíveis. Daí que, seja sempre importante testá-los numa zona restrita de pele para avaliar o efeito.

Cera depilatória

A cera é o processo mais equilibrado, não só do ponto de vista do custo, como também do tempo que os pêlos estão sem crescer. Um método que se for utilizado muitos anos vai diminuir o crescimento dos pêlos e torná-los muito mais fracos do que outros processos, como por exemplo a gilete, que enrijece o pêlo.

Método da cera depilatória
Método da cera depilatória

Os pêlos não podem estar muito pequenos senão a cera não produzirá os efeitos desejados, assim como há ainda o contratempo de poderem surgir pêlos encravados se a cera não for aplicada e retirada eficazmente, embora às vezes eles nasçam simplesmente encravados, sem motivo aparente.

Por isso, aconselha-se sempre a fazer a depilação a cera num instituto, por uma esteticista, por causa deste género de problemas. Tanto no âmbito da cera como nos cremes depilatórios não é aconselhável a exposição imediata ao sol, após se ter realizado a depilação.

Depilação a laser

Das inovações mais recentes no âmbito da depilação registamos a depilação a laser e a electrólise. Esta última produz efeitos a longo prazo, e os pêlos nascem muito tempo depois, independentemente da área em questão.

Ainda assim, este é um método que só verifica resultados após muitas sessões, para além de ser um pouco doloroso comparado com os anteriores aqui referidos. É um método muito caro que não dá para qualquer bolso, embora os resultados sejam muito duradouros.

Electrólise

Se a electrólise é o método que dura mais tempo de todos os restantes, há um que se pode considerar de definitivo: a depilação a laser. É um processo que pode sair também muito caro, embora seja simples a sua realização, não é conhecido por ser doloroso, e tem sempre a vantagem de ter junto a si um médico, caso venha a surgir algum problema.

Pode ser realizado em qualquer zona do corpo, quer seja no buço ou nas pernas, e é um processo cujo número de sessões varia consoante a zona em que a paciente quer fazer.

Assim, basta pedir um género de ‘orçamento’ ao médico. Por isso, os custos são variáveis, e ainda que vá apenas um pouco além do que estava à espera não se esqueça que este é o único método considerado realmente definitivo. Esclareça-se bem com o médico e tire você mesma as ilações, pois cada caso é um caso.

Quando o calor aperta é normal tirarmos das gavetas os tops, calções, saias, os biquinis, entre tantos outros adereços bem mais frescos do que as camisolas e calças de Inverno.

Logo, é indispensável estar impecável para enfrentar o calor com uma pele fina e sedosa, de meter inveja a qualquer outra mulher, e para isso é fundamental escolher o género de depilação adequado. Mas, atenção: qualquer método que utilize não vá logo de seguida estorricar para debaixo do sol!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]