O Oculto na Iridologia

0
1961

Sabia que os olhos são o reflexo da estabilidade do nosso corpo. Dizem que os olhos são o espelho da alma e, se calhar, a expressão não está errada de todo. Se calhar, era mais apropriado dizer que, os olhos são o reflexo da estabilidade do nosso corpo. Aliás, e para quem não sabe, a Iridologia veio demonstrar que o próprio olho, é uma parte do cérebro…

A Iridologia, estuda a Íris do olho e analisa as componentes e problemas do organismo, tanto aqueles já existentes à nascença, como aqueles que no decorrer da vida se instalam no nosso interior, fruto de situações ou condutas menos adequadas. O estudo da Íris, permite revelar que tipo de problemas se aglomeram no interior do corpo humano.

O exame da Íris, actua sobre as suas cores, sinais e o próprio centro da íris. A todos os sinais, como pontos, manchas ou lacunas, é dada particular atenção. Nascida do empirismo, esta arte veio desenvolver-se ao longo dos tempos, para mais tarde passar a ser fundamentada na experiência dos exames.

Para ser realizado este exame, é necessário um aparelho específico, de maneira a aumentar a Íris para que a mesma seja ampliada, facilitando o seu estudo exaustivo. Os avanços tecnológicos, nomeadamente no seio da informática, permitem que a Íris seja projectada na tela de um computador. Após este processo, o exame da Íris será arquivado para futuras avaliações intensas, no que diz respeito aos vários detalhes e pormenores da Íris no seu conjunto total.

Os dados que se conseguem recolher deste exame, são registados no Mapa Iridológico, dando a conhecer a constituição e resistência orgânica no seu todo, o padrão genético do examinado, a actual situação de todos os sistemas orgânicos, as necessidades do metabolismo e a condição de cada orgão em particular.

Para além destes elementos reveladores, é ainda possível investigar a vertente comportamental, que faz mover a pessoa em causa. A Íris revela como se encontra psicologicamente, e os indícios na mesma são mais que reveladores. Se estiver a caminhar pelo mau caminho digestivo, a Íris apresenta manchas brancas e quando a situação piora, essas manchas já são compostas por uma parte cinzenta.

A constituição orgânica positiva, é representada na Íris pela homogeneidade das suas fibras enquanto que, se a situação for oposta a Íris demonstra pequenas repartições, quase como se estivesse entre cortada aos bocados. A tensão e o stress podem ser verificados na Íris, tendo em conta a quantidade de anéis circulares à volta da própria.

A pupila também revela a condição do seu estado clínico, tal como a cor da sua Íris. As cores normais são o azul celeste e o castanho claro, dando a entender uma boa constituição e funcionamento orgânico. As restantes cores que possam existir na sua Íris, sem ser o azul celeste e o castanho claro, revelam o estado negativo do seu equilíbrio orgânico,

Agora, se quiser, pode informar-se sobre esta arte e ciência, a iridologia, e analisar a sua Íris, para poder ter acesso ao estado do seu organismo e interior. Mas, se conseguir, e se tomar o máximo de atenção à sua Íris, pode ser que você mesma descubra já alguns pontos reveladores do seu equilíbrio interno. Experimente, e quem sabe não tenha agradáveis surpresas…

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]