Podem os telemóveis afectar o nosso cérebro?

1024
Podem os telemóveis podem afectar o nosso cérebro
Podem os telemóveis podem afectar o nosso cérebro

Podem os telemóveis afectar o nosso cérebro? O boato anda por aí – as ondas emitidas pelos telemóveis, quando em excesso, podem causar danos no nosso cérebro.

Provas científicas? Ainda são poucas ou mesmo nenhumas…

Podem os telemóveis afectar o nosso cérebro?

No final do ano passado, mais um estudo procurou verificar se tal relação é ou não verdadeira.

Realizada na Universidade de Washington (Estados Unidos da América) e dirigida pelo professor Henry Lai, esta pesquisa envolveu uma equipa considerável de peritos.

Perto de 100 cobaias foram usadas – umas foram expostas às ondas durante cerca de uma hora, enquanto outras não o foram.

O passo seguinte foi colocar cada uma delas num pequeno labirinto e ver qual dos grupos descobria, com maior rapidez, a saída.

Resultado? As cobaias que não foram expostas às ondas demoravam menos tempo a sair do labirinto.

Apesar deste estudo, ainda não se sabe se esta diferença se deve, única e exclusivamente, à exposição às ondas.

Muito trabalho ainda há a fazer…

Henry Lai, o orientador deste estudo, salienta ainda que as ondas usadas nesta pesquisa apresentam uma frequência diferente daquela emitida pelos telemóveis – 2450 MHz em comparação com os 850 ou 1700 MHz dos telefones móveis.

Este é apenas um de entre muitos outros estudos. No entanto, a informação disponível não permite chegar a um consenso.

Entre os cientistas e mesmo entre a indústria das telecomunicações reina a precaução e a necessidade de uma investigação mais profunda.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]