Conheça as causas do problema da Infertilidade de um casal

2415
Os problemas da infertilidade
Os problemas da infertilidade

A Infertilidade é um problema de foro sexual que afecta muitos homens e mulheres do nosso país. Proporcionada por problemas orgânicos ou psicológicos, este é o martírio de muitos casais.

As causas da Infertilidade

Detectar a infertilidade, ou mesmo as causas da mesma, parece ser uma tarefa bem mais fácil do que era há alguns anos atrás.

Ainda assim, a evolução do tempo trouxe algumas vantagens e avanços notórios na deteção do problema, embora não se consiga encontrar um método rápido e eficaz que destrua de vez essa barreira que impede o casal de ter filhos e sentirem o prazer de ser pai e mãe.

O que existe no mundo dos tratamentos para a infertilidade são meras probabilidades, eventualidades, onde a certeza nem sempre reside, mas onde os resultados positivos podem ser verificados em alguns casos.

Os remédios e os tratamentos existentes conseguem reproduzir verdadeiros milagres nesta área, ainda que apenas em algumas pessoas, já que outras são obrigadas a verem o seu sonho adiado, uma vez mais.

Porém, os factores psicológicos que a situação envolve, como a ansiedade, a impaciência, ou o stress, não facilitam em nada um cenário onde os progressos são meras hipóteses.

O desejo de ser pai ou mãe pode ser tão intenso que a pessoa pode sofrer de problemas psicológicos graves, que apenas vão contribuir para piorar a situação.

Sempre que recorrer a um médico ou especialista para tentar resolver a situação, e saber com aquilo que pode contar, convém ir devidamente preparada. Não espere grandes avanços de imediato, pois tudo leva o seu tempo.

Cada tentativa pode traduzir-se num fiasco, mas o importante é continuar sempre a tentar. Ou não sabe que a perseverança é uma virtude?

Esteja sempre consciente com o que pode contar, e peça ao médico para lhe traçar um quadro o mais realista possível da sua situação. Afinal, cada caso é um caso!

Causas da infertilidade feminina

As principais causas de infertilidade na mulher prendem-se, na maioria das situações, com alterações na ovulação, a ausência de menstruação ou a irregularidade do ciclo.

A e, a doença que se traduz por fixar o tecido que reveste o interior do útero em outras zonas do corpo, a obstrução das trompas, doenças sexualmente transmissíveis ou má formação do órgão, podem ser mais alguns motivos.

Podem ainda surgir problemas relacionados com aspectos diferentes dos anteriores, como é o caso de anticorpos contra o esperma ou contra o próprio ovário, ou ainda doenças inflamatórias pélvicas, sexualmente transmissíveis, como a gonorreia, sífilis, entre outras.

Causas da infertilidade masculina

Nos homens, a infertilidade pode ser causada pela varicocele, que são as varizes no saco escrotal, prejudicando a produção e a sobrevivência dos espermatozóides.

Pode ainda verificar-se a inexistência de outros canais, lacuna essa que não permite a chegada dos espermatozóides ao esperma, ou a obstrução dos epidídimos, zona dos testículos onde os espermatozóides são fabricados.

A baixa concentração no esperma, pouca mobilidade, e formato anormal, podem ser também motivos de infertilidade masculina.

Os anticorpos contra o próprio espermatozóide ou doenças sexualmente transmissíveis, como a gonorreia, sífilis, completam o cenário das causas da infertilidade masculina.

Contudo, e ainda que todas estas causas femininas e masculinas sejam plausíveis, não nos podemos esquecer das causas psicológicas associadas à infertilidade.

Existe mesmo uma percentagem de pessoas que não apresenta nenhum destes problemas, e cujo único motivo para não conseguir engravidar são causas de foro psicológico e emocional.

A ideia de ser mãe é uma realidade enraizada ao longo dos tempos, e a pressão que a mulher sofre pode ser muita, chegando a impedir a gravidez. Nesse caso, aconselhamo-la a recorrer a um psicólogo.

Medos, traumas, problemas com o companheiro, excesso de stress, ou o receio de vir a falhar, podem ser alguns dos motivos que a impeçam de gerar um novo ser.

Por isso, e sempre que não conseguir engravidar, é aconselhável recorrer a um médico. Posteriormente, fará alguns testes e exames que permitem descobrir de onde provém o problema. Após descoberto o mesmo, passa-se à fase do tratamento, ainda que essas resoluções possam não ser imediatas ou de todo eficazes em todas as situações.

No entanto, e caso o médico após os exames não conseguir diagnosticar qualquer problema, em si ou no seu companheiro, então provavelmente é porque necessita(m) de recorrer a um psicólogo para tentar perceber onde reside a essência do problema. É lógico que a causa é psicológica!

Descontraia, e tente alcançar o seu objectivo calma e serena. Seja realista, e verá que tudo correrá pelo melhor!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]