Massagem Watsu, e sinta-se relaxar

3525
Massagem Watsu
Massagem Watsu

Com forte influência do Shiatsu, a massagem Watsu é praticada numa piscina, a uma temperatura amena, e começou a ser desenvolvida somente na década de 80. Venha conhecê-la!

Massagem Watsu

Harold Dull é o nome que está na origem das massagem Watsu. Praticada num meio aquático, habitualmente numa piscina, a massagem Watsu tem como objectivo relaxar o ser humano, através da flutuação do corpo.

Fortemente influenciada pelo Shiatsu, prática cujo objectivo é o equilíbrio dos meridianos, linhas repletas de energia que o corpo humano aglomera, a massagem Watsu começou a ser desenvolvida apenas no início dos anos 80.

O terapeuta da massagem de Watsu tem um intuito: proporcionar ao paciente o maior relaxe possível. Assim, o terapeuta realiza movimentos característicos para esse efeito, chegando mesmo a embalar o corpo da pessoa, enquanto a mesma flutua.

Na água, com uma temperatura semelhante à do corpo, a pessoa goza de toda a paz e equilíbrio mental que só um ambiente aquático, no qual são executados movimentos e gestos particulares por parte do terapeuta, pode conseguir proporcionar.

A própria água favorece que sejam realizados movimentos que no chão não seriam possíveis, e que não teriam o impacto e a sensação que o meio aquático proporciona.

Além do mais, as características próprias da água favorecem bastante a tarefa dos mestres deste género de massagens, algo que não implica que eles sejam, indiscutivelmente, os guias desta prática.

Dizem os entendidos que a sensação de relaxamento com o Watsu é algo indiscritível, onde o corpo quase parece levitar da água e partir para outra galáxia.

Este género de massagem flutuante foi criada nos Estados Unidos da América, por Harold Dull, como já havíamos referido anteriormente, e rapidamente se estendeu aos países da América latina, ainda que à Europa tenha chegado apenas mais tarde.

Pelo facto desta prática provocar uma relaxamento profundo e intenso, a mesma é aconselhada a todas as pessoas, mas é especialmente indicada para atletas, grávidas, pessoas com problemas musculares ou nas articulações, ou ainda para os doentes de esclerose múltipla.

Os movimentos do Watsu na água são, na maioria dos casos, parecidos a pequenos gestos de dança, mas com o passar do tempo, e já após ter apreendido alguns conhecimentos, esses movimentos, inicialmente dirigidos pelo terapeuta, podem também começar a ser executados por autonomia própria, deixando a pessoa seguir os seus próprios instintos.

Nesta ‘massagem de água’ o peito do paciente deve estar totalmente coberto, para que só assim a massagem possa ser totalmente relaxante.

Os resultados desta técnica têm vindo a demonstrar que a massagem Watsu é eficaz em diferentes géneros de recuperação, assim como em problemas de tensão emocional ou psicológica. Além de relaxar os músculos do corpo, o bem estar psicológico e emocional que se alcança é algo a destacar.

Extremamente dinâmica, a água é a principal condicionante de sucesso desta prática, conjuntamente com a técnica e conhecimento do massagista. Isto porque, a pessoa é movimentada, segundo o conhecimento do terapeuta, a partir dos pontos vitais que lhe vão proporcionar o bem estar, mas é a água a aliada principal e motivadora pelo sucesso da massagem.

Se você já é uma fã do Shiatsu, experimente agora as massagens Watsu. Garantimos-lhe que por momentos você vai viajar para bem longe, e alcançar o êxtase do relaxamento!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]