A Reflexologia

0
1883

O estudo e a massagem dos pés é uma técnica muito antiga, que se presume ter origem na China. A teoria de que as massagens nos pés fazem milagres é a base da Reflexologia.

A Reflexologia é uma das terapias alternativas mais antigas de sempre.

Já com mais de 20 mil praticantes em todo o mundo, a Reflexologia utiliza o pé como se este fosse um mapa do corpo humano. Cada zona do pé reflecte uma parte do corpo, e as massagens aí exercidas podem servir para aliviar a dor.

O pé é encarado como um espelho do corpo humano.

O dedo grande corresponde à zona do cérebro e da cabeça, a zona traseira do pé ao ânus e o calcanhar ao recto. Estas são apenas algumas das zonas do pé que reflectem partes do nosso corpo, assim como a zona esquerda do pé reflecte o lado esquerdo do corpo e a zona direita o lado direito. Para toda as partes do pé há um simbologia inerente que é representativa de uma parte específica do corpo.

Desde sempre que Chineses e Egípcios aplicaram esta prática da Reflexologia para aliviar as dores ou problemas que pudessem surgir no ser humano. Na Holanda esta é ainda uma forma de resolver problemas de stress, problemas circulatórios, digestivos, respiratórios, hormonais, enxaquecas, entre outros distúrbios deste género. Uma massagem na zona reflexa do pé aliviará bastante as dores que possa estar a sentir, e melhorará o seu estado de saúde.

Não é por acaso, e embora esta terapia não seja aceite por todos, que após uma massagem, independentemente do local em que a realizamos, há uma tendência vincada para nos sentirmos muito melhor e mais relaxados. Isto acontece porque todo o nosso corpo está em sintonia, e se uma zona está desiquilibrada, é sinal que algo está mal. Ao ser efectuada a massagem as melhorias serão não só nesse local, mas também no âmbito geral.

A Reflexologia acredita que primeiro é preciso constatar o desiquilibrio energético da zona que está a perturbar, para só depois poder ser devidamente “tratada” e encontrar o seu equilíbrio. O problema é baseado na energia que possuímos e que flui por todo o corpo, e que por algum motivo não está a encontrar o seu caminho para a renovação. A pressão num determinado ponto do pé permite também actuar na zona do corpo que a perturba, em sinal de que a energia positiva está a circular em detrimento da negativa.

A Reflexologia tem à sua volta outros métodos alternativos como o Yoga, Shiatsu, Tai Chi, Acupressão, entre tantos outros. Aliás a Reflexologia é mesmo encarada e absorvida como uma vertente da Acupressão, devido às suas bases e semelhanças. Um pouco por todo o mundo, esta é uma prática cada vez mais utilizada pelas pessoas: a massagem dos pés para curar eventuais doenças.

As zonas reflexas do pé são massajadas pelo  terapeuta e normalmente cada sessão tem cerca de meia hora. A totalidade destas sessões varia consoante a intensidade do problema da pessoa, podendo as mesmas durarem por um período curto ou longo. Se está a ser invadida por stress ou por qualquer outra doença de cariz orgânico ou psicológico, desloque-se ao médico para fazer o respectivo diagnóstico e depois deixe-se seduzir pelas massagens aos seus pés.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]