Reanimar o desejo

6877
Aumentar o desejo sexual
Aumentar o desejo sexual

Alguns homens e mulheres já passaram pela falta de desejo! Sem perceberem muito bem porquê começam a perder o interesse pelo sexo com o seu companheiro? Rotina? Falta de Amor?

Porque é que aquele homem, que a punha completamente louca, a deixou de estimular, de um momento para o outro? E, o pior, é que você ainda o ama! Esta é uma situação comum em muitos casais. Você sabe que ainda o ama, que ele ainda continua a significar muito para si, mas quando se aproxima o momento do sexo tudo termina. Na verdade você foge dele, sem qualquer explicação aparente, embora ainda o ache extremamente atraente.

Este tipo de casos é muito frequente. Motivado pela vida agitada das pessoas ou por problemas bem mais sérios, a verdade é que se este género de situações não for devidamente discutida pelo casal as coisas podem mesmo ver o seu fim para muito em breve. Não consegue muito bem explicar o motivo, mas a verdade é que está sexualmente desinteressada. Aquele fogo morreu, o desejo por ele também, e a si só lhe apetece estar quieta no seu canto, sem ser perturbada sexualmente.

Comecemos pelo início: falar com o seu companheiro. Uma conversa aberta, sem receios ou pudor, poderá ser o ponto de partida para a solução do problema. Se de facto ainda o ama explique-lhe o que lhe está a acontecer, para que ele não tire falsas conclusões dessa sua distância. O que acontece muitas vezes é que a outra parte tem sempre tendência a julgar que todo esse desinteresse surgiu motivado pelo interesse por outra pessoa, e que o seu desinteresse é sinónimo de haver uma terceira pessoa na relação de ambos.

Para evitar este tipo de pensamento, sem qualquer fundamento, tenha de antemão uma conversa com o seu companheiro. Talvez conversando consigam chegar a alguma ilação acerca da situação. Como a intimidade é algo muito especial, é natural que cada casal tenha uma forma particular de a encarar. Por isso, quem sabe algo já não estivesse a correr como o desejado por uma das partes e agora, conversando sobre o assunto, consigam chegar a um melhor entendimento. Porém, a falta de desejo sexual pode também esconder problemas bem mais complexos, como por exemplo a falta de auto- estima, que obrigam à intervenção de um especialista nesta matéria.

Todavia, a ideia que existe uma terceira pessoa pode jogar a favor da pessoa que está desinteressada sexualmente. O companheiro esmera-se mais no âmbito dos carinhos, do prazer, alterando a sua postura, como forma de conseguir agradar o mais possível a outra pessoa. O facto do homem julgar que a mulher tem outro pode fazer com que o mesmo sem entregue mais do que nunca à satisfação dela, com medo de a perder. Interessa sempre demonstrar que é melhor que o outro em tudo! A partir daqui, a chave do seu problema foi encontrada, mas pode acontecer que mesmo assim não se registem melhorias.

Terá também que se ponderar a hipótese da mulher estar com algum problema grave, que a esteja a perturbar psicologicamente. Logo, o desejo sexual dela será completamente nulo até que essa fase passe. Aqui estamos perante uma fase passageira, em princípio com uma resolução temporária, mas é também imprescindível pensar-se em outro motivo: o facto da relação sexual causar dor. Muitas mulheres costumam ter relações sexuais dolorosas, derivadas de muitos motivos, mas em especial por causa de secura vaginal. Pode mesmo haver outro tipo de antecedentes que provoque a dor na altura da relação sexual. Nesse caso, aconselhamo-la a procurar um especialista, um ginecologista, que a ajudará a resolver esse problema.

Existem pequenas coisas que pode começar desde já a colocar em prática para combater essa situação:

  • vá ao médico e tente perceber o que se passa consigo, explicando-lhe exactamente o que se passa sempre que chega a hora do sexo;
  • faça exercício físico, já que este é um excelente estímulo do desejo sexual;
  • atenção à sua alimentação – não abuse na comida. Tenha também em atenção as drogas, tabaco e álcool, pois embora numa fase inicial possam parecer um estímulo, numa fase tardia podem ser os culpados de muitos problemas sexuais;
  • descanse o mais possível e tente manter-se calma durante todo o dia;
  • arranje-se sempre, para sentir que tem uma imagem bonita de si mesma, pois se ao olhar-se ao espelho se julgar feia ou desinteressante vai ser muito complicado acreditar que vai passar esta fase;
  • tente também colocar as suas fantasias sexuais em prática. Verá como o resultado é muito interessante!

Se através de todos estes passos sentir que, mesmo assim, o seu desejo sexual não foi despertado, então a solução é recorrer a outras alternativas que o médico lhe indicará.

Não se apoquente de imediato, pois tudo tem solução! Provavelmente, a melhor solução será afastar-se um tempo do seu companheiro até ter a certeza que está pronta novamente para o sexo! Não tem nada de mal, mas é necessário explicar a sua situação de falta de desejo sexual ao seu companheiro. A ajuda dele é fundamental!

Agora, atenção! Não são só as mulheres a ter este súbito desinteresse sexual. Os homens também o têm, e em ambos os casos os conselhos são exactamente os mesmos!

Esta pode ser uma situação complexa, mas que pode fortalecer a relação se realmente houver amor e compreensão de ambas as partes! Já notou alguma diferença no seu comportamento? Acordou hoje irritada, com uma vontade incrível que ninguém lhe diga absolutamente nada? Não está com paciência nenhuma para aturar as piadas do seu companheiro? Nesse caso, aconselha-mo-la a ir passear um pouco, ir até à praia, por exemplo, e acalmar um pouco as ideias. Não acha que é melhor assim? Afinal, dizem que o mar acalma o ser humano e desperta o desejo sexual…

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]