A amante, como lidar com a outra no seu casamento

6569
A amante, como lidar com a outra no seu casamento
A amante, como lidar com a outra no seu casamento

Parecem ser um casal de sonho! Raramente discutem, saem bastante, e as tarefas lá em casa são divididas. Mas, a partir de uma certa altura, as coisas começam a tomar outro rumo, chegou a amante.

Longe vai o tempo em que ter uma amante era uma calúnia pública. Nos casais desta era moderna são muitas as situações em que existe uma terceira pessoa, embora a outra parte desconheça a sua existência.

A outra ou a amante

São assim tradicionalmente apelidadas, são mulheres que, para as traídas, lhes desmoronam o lar e que lhes querem levar o marido. Porém, esta ultima afirmação nem sempre é real!

A forma de abordagem tornou-se de tal forma facilitada, bem como a convivência entre ambos os sexos, que é um pouco complicado conseguir perceber se duas pessoas que estão sempre juntas são apenas amigos ou ‘amantes’. E, dessa amizade pode surgir algo mais..

Mas, o que procura um homem fora do relacionamento? E, o que poderá querer uma mulher de um homem que já é casado? Será a ‘outra’ a única culpada de um possível desmoronar do casamento?

Eles procuram a emoção

Na verdade, aquilo que um homem procura fora do relacionamento, acima de tudo, é emoção. Casado ou em união de facto, o homem tem responsabilidades para com a sua companheira.

Essas responsabilidades podem trazer-lhe um stress adicional, uma necessidade extrema de se distrair ou um desejo enorme de experimentar outras coisas, até mesmo para que possa sair um pouco da sua rotina quotidiana.

Porém, nem todos ‘pulam a cerca’ por esses motivos. Há uns que são mesmo uns sedutores compulsivos e, quanto a esses, pouco ou nada se pode fazer!

A duração da traição

Há mulheres que levam anos a serem traídas sem nunca se terem apercebido disso. O marido está presente em todas as situações, nada se alterou entre eles, e esta revelação pode parecer um tremendo pesadelo.

Na realidade, há homens que em nada mudam o seu comportamento na esperança que o caso com a ‘outra’ termine sem ninguém se magoar. Porém, há homens que, fascinados com a nova aventura, automaticamente dão a conhecer que algo se passa, incriminando-se a eles próprios.

Quem é a outra?

A ‘outra’ é, frequentemente, uma mulher como outra qualquer. Pode não querer nada mais com o seu marido do que passar uns bons momentos, quer seja para satisfazer as suas necessidades fisiológicas, quer seja para combater a solidão, mas o certo é que, em alguns casos, o homem acaba por escolher mesmo a outra.

Embora esta situação não seja a mais frequente, há pessoas que se apaixonam verdadeiramente e que deixam toda uma vida para trás em função de uma paixão.

A amante representa, para a outra pessoa envolvida, a aventura, a liberdade, a não necessidade de cumprir horários, o risco e a novidade.

Com a ‘outra’, o homem sente-se completamente independente, sem obrigações, e nem se chega a sentir culpado das suas acções, pois acredita que ao voltar para casa o peso da sua traição será muito menor.

Afinal, ele voltou! Mas, regressar a casa não basta. É preciso compreender o motivo que o leva a ter esse caso com outra mulher, para perceber o que está mal no seu casamento.

As pessoas que optam por ser a terceira pessoa numa relação não se costumam chatear muito com este papel, à excepção de quando a relação já tem muito tempo e começam a querer ser as ‘segundas companheiras’. Até se chegar a este limite as coisas tendem a correr bem: não têm que lhes fazer o almoço ou o jantar, não têm que ‘gramar’ com jogos de futebol dia e noite, podem dormir descansadas sem terem que levar com o outro a ressonar, etc.

Um conjunto de situações que lhes dão a total autonomia para fazerem as coisas como entendem, sem que ninguém exija nada, gozando em pleno a sua liberdade.

Existem mesmo mulheres que preferem ser a ‘outra’ do que a legítima, e acredita-se que a situação venha a alastrar-se ainda mais dada a independência crescente do sexo feminino.

Quando falamos do amante

Porém, e embora tenhamos estado a falar do homem que trai a mulher, é também muito frequente suceder o contrário: a mulher que trai o marido.

Muitas delas procuram o carinho, desejo e atenção que não encontram no seu lar, protagonizando uma vida diferente fora de suas casas.

O motivo que faz com que as mulheres comprometidas tenham um caso, em nada tem a ver com o motivo que, eventualmente, podem levar um homem a trair a sua companheira. Ela procura sentir-se desejada, e saciar a vontade de carinhos e atenção; ele procura a liberdade e a quebra da rotina.

Seja como for, ter um amante é uma realidade muito mais frequente do que aquilo que você possa, inocentemente, julgar! Acredite que as ‘outras’ e os ‘outros’ andam aí…

Classificação
A sua opinião
[Total: 2 Média: 4.5]