Conheça os sinais de que a sua relação não vai bem

2674
Conheça os sinais de que a sua relação não vai bem
Conheça os sinais de que a sua relação não vai bem

No relacionamento é preciso estar atento aos sinais de que a relação não vai bem. Pequenas coisas revelam que nem tudo é cor-de-rosa, e há mesmo pequenos indícios que fazem prever que Ele vai deixá-la….

Parece estar tudo a correr razoavelmente! Todavia, sente-se a falta de qualquer coisa, algo que se traduz por ser um grande vazio, embora as coisas até não estejam assim tão mal. Fazendo uma pequena análise às suas últimas semanas, eis que repara que começou a sentir falta de pequenos ‘mimos’. ‘É normal, já são muitos anos juntos!’- pensa você.

Sinais de que a sua relação não vai bem

Mas, por detrás dessa aparente rotina, podem estar acumulados indícios que a sua ‘alma gémea’ pensa em deixá-la…

Rotina e falta de comunicação

Não queremos fazer um cenário negro relativamente a toda a relação que não vai bem e cai na rotina. Na realidade, o que se passa com muitas delas é falta de comunicação ou a necessidade de romper com hábitos que prejudicam o dia a dia do casal. Porém, e em muitas situações, aquilo que você pensa ser rotina ou apenas uma fase, que em breve terminará, poderá querer significar muito mais.

A mulher quando quer terminar um relacionamento é habitualmente mais direta que o homem. Há muitos que levam meses, senão mais tempo, para terminar uma relação porque não têm coragem para o fazer. A princípio você julga que é alguma fase negativa no trabalho, depois vai-se acostumando às atitudes dele e, quando dá realmente por si, julga que as coisas sempre foram assim. Mas, não foram! Lógico que as coisas já não podem ser como eram antigamente.

Acabaram-se as surpresas e os jantares românticos

Os bombons já não vêm quase nunca, acabaram as flores, as surpresas são esporádicas e as idas ao cinema ou jantar fora têm também os dias contados. Até aqui tudo bem, pois as coisas não podem ser eternamente um sonho.

Aliás, se o seu companheiro nunca foi dado a essas coisas românticas não queira que ele agora se transforme de um momento para o outro num poeta ou príncipe, portanto não misture as coisas e não invente desculpas para justificar, que a relação não vai bem, onde não as há. E se ele se esquecer do seu aniversário? E se não reparar que você cortou o cabelo? E se não lhe perguntar como foi o seu primeiro dia no novo emprego? Isto já é grave!

Indiferença no dia-a-dia

Existem pequenas coisas no dia a dia do seu companheiro que a distração, ou indiferença, depende do ponto de vista, revela reações características de quem pretende deixá-la, mas não sabe muito bem como o fazer. O motivo que leva os homens a deixarem arrastar uma determinada situação prende-se com o facto de julgarem que a mulher não vai conseguir suportar a verdade e que vai fazer chantagem emocional e psicológica.

Passam muito tempo fora de casa

Chorar, gritar ou dizer algumas verdades que ferem o ego do sexo masculino são algumas das causas pelas quais o seu companheiro pode evitar ter a ‘tal’ conversa definitiva consigo. Pelo medo de enfrentar a sua reação, os homens acabam por ‘fugir’, deixam arrastar a situação e fingem que está tudo bem, embora as atitudes deles demonstrem o contrário: sai bastante com os amigos, quase não pára em casa e a sua vida é passada no trabalho.

Se esta é a sua situação atual, já quase não consegue conversar com ele, e raramente o vê, então aconselhamo-la a ter uma conversa séria com o seu companheiro.

Não acha que já é muito ‘trabalho’ e ‘amigos’? Por outro lado, raramente lhe telefona durante o dia, coisa que fazia antigamente, não conversa consigo sobre assunto nenhum e vocês já parecem dois estranhos quando estão juntos. O desinteresse e a indiferença instalaram-se de vez!

Distanciamento na relação

Ainda que possa demonstrar algum interesse físico por si, o certo é que não se preocupa minimamente com a sua vida, problemas alegrias ou tristezas. Para ele, a vida da companheira deixou de o interessar por completo e até mesmo a nível sexual o desinteresse é evidente. Pode acontecer que sexualmente esteja tudo bem, mas que ele continue a ter todas as outras reações.

O sexo é rotineiro

O cenário é idêntico: não é só porque ele a procura sexualmente que as coisas estão bem. Os indícios de crise mantêm-se lá, e o sexo é a única coisa que parece manter ainda as coisas. Aliás, a mulher tem um sexto sentido muito apurado e raramente se engana!

O problema é que ela pode não querer descodificar aquilo que realmente sente e vê… A solução é confrontá-lo diretamente, falar com ele e perceber o que aconteceu. Discutam o assunto, mas não ouse começar a gritar ou a insinuar coisas das quais não tem a certeza, e optem por dar uma segunda oportunidade a vocês mesmos.

Quando existe uma terceira pessoa

Se não há a mínima hipótese de um retorno a outros tempos, ou se existe uma terceira pessoa, então a solução é seguir cada um a sua vida. Não deixe arrastar uma situação que você só não remedeia porque finge não ver que a sua relação não vai bem.

Lute pela sua felicidade, sem se humilhar, e veja os frutos que daí podem nascer. Sempre de forma racional e a pensar em si! Você é a pessoa mais importante do mundo! Não se esqueça nunca disto!

Classificação
A sua opinião
[Total: 2 Média: 5]