A Técnica do Katapateo

0
2215

A saúde física e emocional são extremamente importantes para estarmos em harmonia. As massagens Katapateo são importantes para atingirmos esse estado mas, e se em vez das mãos, utilizarmos os pés?

Katapateo é a arte de massajar com os pés o corpo humano. Como outra forma de relaxamento qualquer, a Katapateo é extremamente útil para equilibrar todas as zonas musculares do corpo humano. Cada sessão anda à média de 45 minutos a 1 hora, e permite um relaxamento mais eficaz dos músculos do que as massagens tradicionais, assim como acaba por ser mais simples de realizar para o especialista.

A massagem pedestre, como habitualmente é conhecida a Katapateo, tem cerca de 5 mil anos. Egípcios, chineses, japoneses e gregos começaram a utilizá-lo há muitos séculos atrás, embora se reconheça que esta é um tipo de técnica tradicionalmente chinesa e egípcia.

Só na segunda década do século XX é que as técnicas de massagem pedestre começaram a ser inseridas no Shiatsu, mas só anos mais tarde é que se começaram a dar aulas desta prática com o destaque para um dos fundadores desta técnica, Carlos Ros. No ano de 1997 é fundada a Katapateo, por Carmen Sanchéz e Carlos Ros, após inúmeros especialistas desta arte terem difundido os seus conhecimentos entre si e de os terem aperfeiçoado.

Motivado por tensões musculares, derivadas de esforços físicos ou de crises emocionais, é normal que o corpo esteja dorido e necessitado de uma boa massagem. O stress, a angústia, a própria apatia, ou o excessivo esforço físico cria no corpo dores intensas que podem causar muito desconforto a quem as possui. A pressão realizada pelos pés, e a força dos mesmos no corpo do ‘doente’, produzem um alívio quase imediato em comparação com as mãos, na medida em que estas não podem exercer a pressão que os pés produzem mas apenas a técnica.

A Katapateo está visivelmente indicada para descongestionar os músculos, relaxar o corpo, melhorar a circulação sanguínea, eliminar gorduras, e prevenir por mais tempo o envelhecimento. Assim, a Katapateo favorece a própria pele e os seus tecidos, tornando-a mais lisa e firme, ao mesmo tempo que a tonifica. Lógico que não é qualquer pessoa que pode realizar esta técnica. Não basta fazer pressão no corpo como é também fundamental saber quais os pontos que vão precisar ser estimulados, isto consoante as necessidades do paciente. É necessário saber a técnica para produzir o efeito desejado.

A força e a pressão do pé podem ser utilizadas de diversas formas. Pode recorrer-se apenas ao calcanhar, à planta, ou mesmo ao dedo maior do pé. Tudo exige um conhecimento próprio para criar a estabilidade corporal e muscular. Embora possa parecer estranho como é que a pressão do pé actua tão eficazmente, a verdade é que quando o paciente se levanta não sentirá qualquer dor. É notável a leveza do corpo após uma sessão de Katapateo e a estabilidade muscular. Se as sessões forem realizadas com determinados fins e continuidade pode mesmo chegarem-se a produzir efeitos notáveis para órgãos internos, além de todos os restantes benefícios.

A massagem pedestre pode ser executada em qualquer pessoa, homem ou mulher, e pode ser aplicada não só com fins terapêuticos como também invocando objectivos estéticos. Estabilizar a celulite ou mesmo eliminá-la, combater as estrias, tal como tonificar e fortalecer a pele, são mais algumas das vantagens da Katapateo. Desde a apresentação, em 1998, de um livro sobre a massagem pedestre que esta técnica tem sido motivo de interesse por parte de inúmeros especialistas.

Ainda que as massagens convencionais com as mãos possam produzir maravilhas, a massagem pedestre, a Katapateo, é a melhor alternativa para relaxar os músculos e encontrar um ponto de encontro entre a estabilidade muscular e emocional.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 1]