Conquistando a felicidade sustentável: o inicio da jornada

1881
Conquistando a felicidade sustentável - o inicio da jornada
Conquistando a felicidade sustentável - o inicio da jornada

Você deve se perguntar, se podemos distinguir dois tipos de felicidade, a eudaimônica (vide Aristóteles) ou autentica (vide Martin Seligman), mais voltada para as questões imateriais, e destinadas ao engrandecimento do ser, e uma outra, voltada a coisas materiais, ou ligadas ao mundo material, qual então seria o caminho para a felicidade sustentável?

Como eu apontei no vídeo de apresentação da nossa proposta aqui para a Mulher Portuguesa e canal do Youtube (Felicidade Sustentável), é na jornada para a realização dos nossos sonhos materiais que podemos encontrar o melhor caminho para o engrandecimento do ser.

Conquistando a felicidade sustentável

Num trabalho de Life Coaching usando a metodologia da Felicidade Sustentável, o mais importante não é a conquista, mas a jornada!

Como numa viagem, o que faz dela uma boa viagem, são as experiências vividas. Mas aprendemos a entender o conceito de felicidade de forma equivocada. Conheço executivos de sucesso infelizes e depressivos. Uma vida toda guiada para conquistar cargos até chegarem ao topo e, chegando ao topo, com todo o dinheiro que poderia comprar o que quisessem, não alcançaram o essencial, a sua verdadeira felicidade.

Donald Trump, resolveu ser presidente, e depois disso? Percebem?

Nossa proposta de coaching aposta na jornada. Talvez aquela sua meta, a qual era seu grande sonho no início da jornada, lá pela metade do caminho, depois de vivencias internas rumo ao engrandecer, faz com que perceba que isso era um sonho menino, baseado em suas carências, e depois de crescer, de se engrandecer, desiste, porque já se sente feliz e imensamente tão grande que aquilo já não importa mais.

Ou se a conquista do sonho é realizada, garanto que terá maturidade suficiente para aproveitar essa conquista e com sabedoria administra-la da melhor forma. Percebem a diferença? Dinheiro é bom, para quem sabe honra-lo e dizer, já cheguei onde queria.

Dizem que grande parte da população do nosso planeta vive na miséria, porque há uma divisão monetária equivocada – muito, nas mãos de poucos e pouco nas mãos de muitos. A Felicidade Eudaimônica, Autêntica ou Sustentável é baseada nas virtudes humanas e o Ser virtuoso sabe a importância do equilíbrio em todos os campos da vida, conhece e aplica a regra – “somente o necessário” – e isso vale para tudo, também para o dinheiro.

Mas as pessoas acabam cegas e buscam a felicidade apenas lá fora, e está, nem sempre é sustentável. E apenas quando adoecem, perdem um ser querido, perdem algo, é que descobrem quanto tempo perderam.

Continuamos a tratar desse tema no próximo encontro. Tenha felizes reflexões e venha Ser com a gente!

www.felicidadesustentavel.com
Dra. Ivana Ribeiro

Classificação
A sua opinião
[Total: 3 Média: 5]