Conheça as regras de etiqueta na praia

4090
Respeite as regras de Etiqueta na praia
Respeite as regras de Etiqueta na praia

As regras de etiqueta na praia: Se pensa que é somente à mesa ou em locais públicos que a etiqueta é uma necessidade, engana-se! Também na praia é necessário um certo charme, requinte e boas maneiras.

Ser bem educado é uma regra que se deve aplicar sempre, independentemente do sítio onde se encontre. Na praia, essas regras não devem também ser esquecidas.

Regras de etiqueta na praia

Ainda que a praia seja um local público, esse espaço deve ser respeitado por todos de igual forma.

O problema é que nem todas as pessoas estão devidamente educadas para terem um pouco de etiqueta na praia.

Ocupação de espaço disponível

Quando chegar à praia tenha cuidado para ver onde vai colocar as suas coisas. Tenha em atenção o espaço disponível, e se trouxer muitas coisas consigo certifique-se que, de facto, não vai perturbar as pessoas que estão em seu redor.

Procure um espaço amplo, onde possa estar à vontade, sem ter que estar sistematicamente a pedir desculpa ou a incomodar os outros.

Não fique em cima da toalha de ninguém, pois isso não será bem encarado pelos seus vizinhos de praia!

Não leve o seu cão para a praia

O seu cão vai consigo para todo o lado, mas a verdade é que nem sempre é aconselhável a permanência de cães na praia. Constata-se mesmo que muitos cães não estão devidamente ensinados, incomodando as pessoas em volta, atirando areia para cima de quem calha, ou mesmo passeando calmamente pelas toalhas vizinhas.

À primeira pode ter piada, à segunda a pessoa faz um sorriso amarelo, mas é bem provável que à terceira haja discussão. Se o seu animal não lhe tem respeito, vai ter mesmo que o deixar em casa!

As crianças na praia

As crianças podem também ser muito incomodativas para as pessoas que estão ao pé de si na praia, ainda que a reação mais frequente da pessoa incomodada seja um largo sorriso ou uma gargalhada.

Todavia, é preciso que saiba que não fica nada bem o seu filho andar a mexer nas coisas dos outros, a atirar areia, ou a ser inconveniente.

Deve ensiná-lo a comportar-se, e explicar-lhe que ele não pode fazer o que bem lhe apetece. Eduque-o desde pequeno para que ele possa também passar o exemplo aos outros!

As brincadeiras na praia

Tenha muita atenção às partidas de futebol e aos jogos de raquetes! Escolha locais à beira mar ou uma zona mais ampla, onde não se encontrem pessoas deitadas.

Muitas vezes assistimos a pessoas a jogarem sem o mínimo cuidado, e o mais certo é ver-mo-nos obrigados a levar com uma pequena bola de raquete no corpo ou então a sermos atingidos com uma bola de futebol.

Além do transtorno da bola, há ainda o problema da areia. Ainda que se vá para a praia, um local com areia, é lógico que ninguém gosta de levar com ela no corpo ou na cara. Seja civilizado, não pense só em si e respeite o descanso dos outros.

A música na praia

Respeitar os outros é também ter cuidados redobrados em relação à música. Se é uma daquelas pessoas que não consegue passar sem ela, leve um walkman e assim não perturba ninguém. Temos que convir que você pode adorar música latina, mas ninguém é obrigado a gostar dela.

Por isso, se alguém lhe disser para baixar o som ou mesmo desligar a música, por muito que lhe custe fazê-lo, aconselhamos a satisfazer o pedido da pessoa pois isso apenas demonstra que é alguém munido de boa educação.

A praia deve ser um local de lazer e de relaxe. Quer vá à praia para se bronzear, correr um pouco, ou apenas dar uns valentes mergulhos, deve ter consciência que nem todas as suas atitudes são facilmente aceites pelos outros.

Imagine como você encararia o facto de estar um cão a passear pela sua toalha, ter que estar constantemente a levar com a bola de um jogo de raquetes de dois adolescentes, ou mesmo a ter que ouvir aquela música horrorosa que você abomina.

Aprenda a desenvolver o civismo, faceta que falta em tantas pessoas, e passe momentos agradáveis na praia, tanto você como os outros!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]