Fim das manchas na pele

3226
Manchas na pele
Manchas na pele

Quantas e quantas vezes já não se olhou ao espelho e viu manchas que desconhecia na pele do seu rosto?

E quantas vezes ao observar as suas mãos, não reparou naquelas pequenas manchas que escureceram um pouco mais? Pois é, deve tomar mais atenção e cuidar delas, principalmente quando o sol lhes bate e as manchas se transformam drasticamente…

O mito de que só no Oriente era possível encontrar bons cosméticos para aclarar a pele, acabou de vez. Isto porque, não só as mulheres do Oriente se preocupam com a sua beleza, mas também as mulheres da Europa e dos outros continentes. A ideia fixa de que a pele deve parecer uma porcelana chinesa, mantém-se ainda hoje e por isso, as perfumarias tiveram que começar a investir em linhas de branqueadores (Whitening).

Após o Verão, as sardas e as manchas acastanhadas, que surgiram com o bronzeado que você triunfadoramente alcançou, têm tendência para não desaparecer. A única solução é vencer a produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele, para alcançar a uniformidade pretendida. Os raios de sol têm tendência a perturbar o bom funcionamento da melanina.

As inúmeras exposições ao sol, alterações hormonais ocorridas, a idade e as próprias gerações anteriores, podem influenciar na limpidez da sua pele. Estas irritantes manchas, dão um aspecto envelhecido, e retiram um pouco da beleza autêntica e natural da pele.

O problema, é que quanto mais o sol bater na pele mais elas se produzem e escurecem. Um bom tratamento é o indicado para fazê-las desaparecer, ainda que este processo dure alguns meses. As chamadas manchas da velhice, podem igualmente ser devidamente controladas. Por volta dos 30-35 anos, surgem nas costas das mãos e depois no rosto, ombros e colo, as chamadas marcas da velhice.

Estes locais onde têm tendência a aparecer, são precisamente os locais mais expostos ao sol. Para o aparecimento dos sinais de velhice, nem é propriamente a idade que conta mas sim o tempo de exposição ao sol, pelo qual passamos na nossa vida. Óbvio que, o tipo de pele e os factores implícitos à hereditariedade também são importantes, mas a exposição ao sol durante o tempo de vida é realmente o factor determinante. Existem ainda as manchas de origem hormonal, derivadas da pilula ou da gravidez. Estes sinais surgem no rosto, colo, nomeadamente na testa e faces.

O aumento de estrogénios é tão intenso, que a pele começa a deixá-lo sair em grandes camadas, piorando ainda mais a situação se, após isto, apanhar sol. Comece já a fazer um tratamento anti manchas, antes que os raios fortes do Verão penetrem na sua pele, manchando-a abundantemente. Portanto, comece por usar um bom creme, sempre acompanhado por um bom protector solar, e espalhe-o no rosto e nas mãos.

Já existem bons produtos cosméticos, que produzem excelentes resultados mas, se durante 3 ou 4 meses não notar melhorias, aconselhamo-la a ir a um dermatologista. Todavia, existem uns conselhos que deve fixar para que o brotar das manchas, não seja tão intenso nem alarmante: use um ecrã solar, no mínimo com FP15 e utilize-o todos os dias, de Verão ou de Inverno, fuja ainda o mais que conseguir do sol e use sempre uns bons óculos de sol. Para finalizar, aplique sempre o produto cosmético branqueador, pois ainda que não as elimine na totalidade, é mais que certo que irá disfarçar as suas manchas. Experimente e não se esqueça, não se exponha prolongadamente ao sol…

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 1]