Reiki – a terapia que cura com as mãos

0
3005

A canalização de energia vital é o princípio desta terapia, nova para nós, mas com milhares de anos de existência. O Reiki tem sido uma ajuda preciosa na cura das mais diversas doenças.

O que é o Reiki?

O Reiki é uma antiga ciência tibetana de canalização de energia vital através das mãos. Esta ciência foi redescoberta no Japão, em meados do século passado, por um teólogo cristão japonês, o dr. Mikao Usui. Em 1940, o Reiki chegou ao ocidente, através de uma norte-americana de ascendência japonesa, Hawayo Takata.

Traduzida à letra do japonês, a palavra Reiki significa “força vital do universo“, ou “energia vital do universo”. Os antigos sábios – e hoje em dia também os cientistas – acreditam que a energia envolve e penetra tudo o que está vivo.

O corpo humano recorre a essa energia vital não só para se manter vivo mas também para se reconstituir e reequilibrar quando se encontra ferido ou doente. Quando existe algum tipo de bloqueio ou diminuição do fluxo de energia no organismo, a pessoa enfraquece, as funções vitais deixam de desempenhar convenientemente as suas tarefas, e é o primeiro passo para o aparecimento de doenças, tanto do foro físico como psíquico.

A energia vital existe no universo em quantidade ilimitada, e o Reiki é um dos mais simples métodos para a sua captação e canalização. Um praticante de Reiki tem a capacidade de captar a energia e fazê-la circular da forma mais adequada para o organismo.

Ao fazer fluir a energia, o Reiki faz com que todos os bloqueios sejam removidos, restabelecendo o fluxo e a vibração normais necessários à reparação dos órgãos danificados, doentes ou enfraquecidos. Através de um aumento da frequência dos campos energéticos que envolvem o corpo físico, o Reiki destrói os campos de energia discordantes ou agressivos, permitindo que a energia vital volte a circular normalmente e desempenhe da melhor forma o seu papel de protecção e equilíbrio do organismo.

Como se aplica o Reiki?

Receber um tratamento de Reiki é, acima de tudo, uma experiência extraordinariamente agradável. O paciente só precisa de permanecer deitado e deixar que a energia canalizada pelo praticante através das mãos – que vão sendo colocadas sobre alguns pontos chave no nosso corpo, em especial os chakras – flua livremente.

Um praticante de Reiki não faz diagnósticos, não tem capacidade nem necessidade de os fazer. A energia vital resultante do Reiki é como que “inteligente”, uma vez que flui por todo o organismo actuando onde mais é necessário.

O Reiki tem vindo a ser adoptado em todo o mundo como complemento dos tratamentos da medicina convencional.

Para além de ser, por si só, uma energia curativa, o Reiki acelera os processos de cura, aumenta o bem estar dos doentes diminuindo a intensidade das dores e do mau estar causados pelas doenças, ajuda a eliminar os efeitos secundários dos tratamentos convencionais e promove uma rápida cicatrização dos ferimentos e fracturas. Cada vez mais, e em especial nos Estados Unidos e Inglaterra, profissionais de saúde, incluindo médicos e enfermeiros, são iniciados no Reiki e praticam-no nos hospitais, como parte integrante do tratamento convencional das mais diversas doenças.

Quem pode praticar?

Qualquer pessoa pode praticar Reiki, bastando para isso que tenha o desejo de o aprender e praticar. No entanto, não basta ler livros sobre o assunto. A iniciação ao Reiki é feita por mestres qualificados para tal, que procedem a um tratamento de sintonização e purificação dos chakras do iniciado, promovendo a abertura dos canais que passarão a canalizar a energia do universo para o paciente, através das mãos.

Existem 3 níveis de iniciação, que devem ser feitos sequencialmente e sempre com bastante tempo e prática de intervalo. Um iniciado do 1º nível pode – e deve! – fazer Reiki a si próprio e a outras pessoas (também a animais e plantas). O 2º e 3º nível são mais avançados e terminam conferindo ao iniciado o estatuto de mestre, ou seja, para além de praticar Reiki pode também passá-lo a outros iniciados.

Hoje em dia, em Portugal, existem diversos mestres e iniciados em Reiki, e este é uma nova terapia disponível na grande maioria dos centros de medicinas alternativas.

Classificação
A sua opinião
[Total: 3 Média: 3.3]