Cristais terapêuticos, conheça os benefícios para a sua saúde

3596
Cristais terapêuticos
Cristais terapêuticos

Já lhe aconteceu sentir uma atração de tamanha forma por um cristal terapêutico ou não, que o tivesse que fixar por muito tempo e depois levá-lo para casa?

Cristais terapêuticos

Muitas são as pessoas que têm tendência a sentirem-se fascinadas por cristais, o que de facto não representa qualquer problema, antes pelo contrário. Segundo determinados estudos, os cristais possuem características terapêuticas e o seu uso pode ser muito positivo para a sua saúde.

Está provado que os cristais não são apenas mais um objecto. Eles emitem uma energia e vibração especial, que utilizada corretamente pode dar origem a benefícios úteis no âmbito da saúde para a pessoa que os utiliza.

Nem todos sentem essa energia emitida pelos cristais, mas a verdade é que a presença deles em qualquer casa ou junto ao corpo da pessoa tem sempre aspectos positivos.

Os cristais são hoje em dia utilizados para resolver inúmeros problemas e dores do ser humano. A cura mental, emocional, física e espiritual é a mais valia dos cristais, mas eles também protagonizam um aumento da criatividade e imaginação do ser humano.

É o cristal que equilibra os seus centros energéticos, e que permite que todo o seu corpo e alma respire de harmonia energética.

As funções especificas de cada cristal

Cada cristal tem uma função específica, mas isso não implica que no âmbito geral não venha a obter bons resultados.

Diamante

Comecemos pelo Diamante que dizem trazer à pessoa um rejuvenescimento notório. Estes soltam muita energia e esta é especialmente benéfica para o coração e cérebro.

Se tem problemas deste género, coloque a pedra no interior de um copo de vidro ou cristal com água, e deixe-o lá permanecer durante uma noite.

O objectivo é na manhã seguinte beber a água. O diamante acredita-se ter também influência no amor e nos relacionamentos, por isso julga-se que a sua presença seja positiva.

Um bom ‘amuleto’ é usar sempre um anel de diamante na mão direita.

Opala

Outra pedra também ela muito produtiva nos seus efeitos e vibrações é a Opala. Diz-se que ajuda as crianças a terem saúde, e auxilia bastante na amizade entre as pessoas.

A Opala significa fraternidade, compreensão, amor e muita fé, contendo água, fogo e éter. A sua melhor utilização é num anel na mão direita ou num fio de ouro.

Ágata

A Ágata é outra das pedras com fins terapêuticos. É sem dúvida uma das que mais auxilia no âmbito espiritual, protegendo as crianças e tornando a pessoa mais equilibrada. A utilização da mesma num fio é o ideal para proteger os mais novos.

Lápis Azule

O Lápis Azule é, por excelência, uma pedra que ajuda bastante nos problemas da vista. Os estudiosos desta matéria consideram-na verdadeiramente preciosa, sendo a pedra que ajuda a descansar a mente e revitaliza o corpo.

O fogo, água e o éter são os elementos que a constituem, e se andar sempre com uma ao pescoço, num fio, sentir-se-á muito mais fortalecida.

Lápis Linque

O Lápis Linque concentra nele as mesmas características da anterior, mas é também muito positivo para os adeptos da meditação. Andar com esta pedra é um sinal de boa sorte!

Ametista

A Ametista é a pedra que permite adquirir o controle das emoções. Fortalecendo o amor, auto estima e o equilíbrio emocional, a Ametista possui os elementos água e éter.

Pedra Lua

A Pedra Lua serve para absorver a energia da lua, relaxando o corpo e fortalecendo as relações entre os seres humanos. As depressões e o stress são também aconselháveis de serem atenuados com a pedra lua num anel de prata, sempre na mão direita.

Berilo

O Berilo é a pedra mais indicada para a inteligência, relacionada também com as artes e a música.

Usada num fio de prata ao redor do pescoço ou num anel de prata na mão esquerda, o Berilo incentivá-la-á em todas estas vertentes.

Estes são alguns tipos de pedra que existem e que podem auxiliá-la a gerir melhor a sua vida e corpo. Servindo como forma terapêutica e de incentivo, estas pedras podem fazer maravilhas por si, desde que as use correctamente sem nunca se desligar do plano material e terrestre.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]