Academia de Ciência Védica em Lisboa

3895
Academia de ciência védica
Academia de ciência védica

A Associação Portuguesa pelo o Avanço da Ciência Inteligência Criativa foi fundada em 1978 e tem como objectivo divulgar a técnica de meditação transcendental e os programas de aprendizagem de Maharishi, de forma a permitir a melhoria da qualidade de vida

Uma casa no meio de um jardim onde a calma reina. Lá fora apenas o som dos pássaros. Nem parece que estamos em Lisboa, mais propriamente na Rua da Arriaga, onde funciona a Academia de Ciência Védica de Maharishi. Aliás, a calma é essencial para os estudantes e é algo de cultivado pela ciência Védica e meditação transcendental.

Foi no meio deste oásis dentro da cidade que a Mulher Portuguesa foi encontrar Jorge Angelino, que nos explicou de que se trata a meditação transcendental e como funciona a Academia.

O movimento de meditação transcendental está em Portugal há 20 anos, mas existe há 40 anos em todo o mundo. “Maharishi Maresh Yogi é o fundador do movimento, a partir de uma doutrina que aprendeu com o seu mestre. Trouxe para o Ocidente esses conhecimentos de expansão de conhecimento e de consciência através da meditação transcendental, assim como outros como a astrologia védica ou jyotish, que significa luz, que também ensinamos aqui. Tem por objectivo, através da análise dos nossos períodos, saber porque por vezes estamos com problemas ou porque as coisas nos correm melhor ou pior, algo que tem a ver com o nosso próprio Karma” conforme explicou Jorge Angelino.

E o Karma é “como se fosse uma semente. Se for colocada numa terra boa, é capaz de superar as dificuldades e dar uma árvore boa, mas se for plantada em terra onde faltem nutrientes, tem dificuldades em crescer. Nós também temos essa influência do ambiente onde crescemos, o que aprendemos, etc. Tudo o que vai minorar os problemas da semente ou aumentar as vantagens que a semente tinha“.

A Associação Portuguesa pelo o Avanço da Ciência Inteligência Criativa foi fundada em 1978 e tem como objectivo divulgar a técnica de meditação transcendental e os programas de aprendizagem de Maharishi, de forma a permitir a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Às quintas feiras, a partir das 19 horas, funcionam aulas abertas ao público de introdução. Existem alguns requisitos para começar um curso: é necessário ser sócio, com uma jóia , para adultos; precisa de dispor de quatro dias livres para a iniciação, de sábado a terça-feira, e não pode consumir drogas pesadas quinze dias antes de começar o curso. Para além da meditação, decorrem também programas avançados com cursos de astrologia Védica, professor, cursos por satélite de ciência Védica, entre outros.

O aspecto da educação é muito importante e muitas escolas estão a adoptar esta técnica. Em Lancashire existe uma escola formada por pessoas que seguiam a meditação transcendental, onde as crianças aprendem a meditar e cujos resultados escolares estão acima da média, pelo que a escola teve já de abrir para alunos cujos pais não praticantes de meditação. Em Portugal já existe uma escola piloto, em Olhão, que financia mesmo alguns alunos a tirar cursos mais avançados.

Um dos maiores problemas dos nossos dias, que a meditação tenta eliminar, é o excesso de radicais livres produzidos pelo organismo e provocados por uma alimentação inadequada, e pelo stress. O sistema imunológico produz os radicais livres de uma forma desregrada “é um átomo de oxigénio a que falta um electrão e que procura encontrá-lo em qualquer outro lado, muitas vezes atacando células que estão saudáveis, até ao próprio ADN. É como um baralho de cartas, em que uma do meio leva à queda das outras. Mais de 80% dos problemas de saúde actuais têm uma contribuição dos radicais livres” expôs Jorge Angelino. Alguns psiquiatras e médicos começam já a recomendar aos doentes que experimentem este método.

O que nos falta hoje em dia é o equilíbrio entre repouso e actividade. Neste momento estamos com o prato da balança da actividade muito carregado ao passo que o prato do repouso está com falta de peso, o que leva a problemas de saúde, com origem no excesso de produção de radicais livres, porque o sistema imunológico, numa tentativa desesperada de criar esse equilíbrio, produz em excesso esses radicais livres“.

A meditação transcendental tem ainda inúmeras vantagens no combate à hipertensão e insónia, problemas de fala, entre outros.

Qual é a diferença entre o Maharishi  Ayurveda e o ayurveda?

Maha quer dizer grande e rishi – vidente. O ayurveda é uma ciência milenar que tem determinadas abordagens à saúde com determinados produtos, mas que estão em textos clássicos e que se tornam alguns ingredientes difíceis de encontrar. Maharishi aplicou esses conhecimentos aos dias de hoje.

A aplicação ao nosso país é algo que tem sido difícil, pelo receio que tudo o que é diferente causa” lamenta Jorge Angelino, “mas acredito que é apenas uma questão de tempo. Está a dar-se uma revolução de consciências, os jovens de hoje não têm nada a ver com os jovens de há trinta anos, têm outras ambições, estão ligados pela Internet e conhecem mais coisas”.

Nos cursos também nota a presença mais elevada das mulheres que explica pelo facto destas estarem a despertar para valores mais depressa. “É por isso que nos países nórdicos o poder está na mão das mulheres e os homens têm é mais que aprender com elas, porque os homens não têm desenvolvido algo de essencial que é o coração, e são mais cautelosas“, não deixou de frisar Jorge Angelino.

Em Moçambique esta técnica já possui muitos adeptos, incluindo o próprio presidente, embora tenham falhado as tentativas em Angola.

Transcender é levar a mente a experimentar níveis de maior amplitude. Se realmente deseja algo de novo para melhorar a saúde, não deixe de tentar este método. Proximamente falaremos mais acerca das técnicas de meditação transcendental.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]