Saúde mental, conheça as diversas áreas de tratamento

1278
Saúde mental, conheça as diversas áreas de tratamento
Saúde mental, conheça as diversas áreas de tratamento

Muitas pessoas me perguntam o que é a Psicologia clínica, a Psiquiatria, a Psicoterapia e outras Psis que passaram a fazer parte da linguagem quotidiana relativa á saúde mental, sem que entendamos exatamente o que são e para que servem.

Saúde Mental

No denominador comum encontramos a saúde mental, no entanto, as suas aplicações e usos são distintos, embora complementares.

A Psiquiatria

A Psiquiatria é uma disciplina da Medicina, exercida, por médicos licenciados nas respectivas faculdades, e que fizeram posteriormente uma especialização na área da saúde mental.Estes profissionais estão habilitados a fazer a detecção e diagnóstico das perturbações e doenças do foro psíquico.

As suas formas de intervenção podem passar pelo diálogo com a pessoa, pelas terapêuticas medicamentosas (normalmente, os psicofármacos), ou em situações menos habituais e mais graves, a cirúrgia e as terapias por electro-choque.

As diversas áreas da Psicologia:

A Psicologia é uma ciência que estuda e intervém sobre as atitudes humanas. Existem diferentes correntes (que têm pressupostos teóricos diferentes) e diferentes áreas de intervenção. Em Portugal são profissionais licenciados nas Faculdades de Psicologia ou outras escolas do ensino superior. As áreas de formação e de intervenção da Psicologia procuram cobrir as necessidades sentidas ao nível do estudo e do acompanhamento do humano.

Existem áreas de formação e de intervenção diferentes, no entanto, as práticas profissionais não se têm revelado estanques, sendo frequente encontrarmos psicólogos com formação numa área, a exercerem outra distinta.

A Psicologia Educacional

A Psicologia Educacional trabalha essencialmente com as questões educativas e pedagógicas, procurando compreender as formas de ensino e de aprendizagem. Estes profissionais trabalham nas escolas e outros locais de formação, estudando os processos de aprendizagem e procurando gerir as dificuldades sentidas nesta área. Encontramo-los também na elaboração de projectos de intervenção educativa.

A orientação vocacional pode ser realizada por psicólogos com esta formação específica ou pelos educacionais ou mesmo pelos clínicos que tenham estudado particularmente estes aspectos.

A Psicologia Organizacional

A Psicologia Organizacional é uma área vocacionada para o trabalho em instituições. Estes técnicos têm uma formação que lhes permite compreender e intervir sobre o funcionamento das empresas e outras organizações, sendo frequente encontrá-los nos departamentos de recursos humanos.

A Psicologia Social

A Psicologia Social estuda o modo como as pessoas se relacionam entre si e está habilitado a trabalhar com o funcionamento do Homem em grupo. Têm um papel particularmente relevante no estudo e influência dos comportamentos sociais, seja ao nível da promoção de alterações do comportamento em diferentes campanhas de sensibilização, seja por exemplo no marketing e na publicidade.

A Psicologia Clínica

A Psicologia Clínica é a que está vocacionada para o estudo do desenvolvimento humano nos seus processos normais e desviados ou patológicos. A minha definição favorita, é já muito antiga e remete-nos para o estudo e compreensão da alma humana.

Estes técnicos estudam as vivências e comportamentos normais e patológicos; estão habilitados a fazer a avaliação e diagnóstico das perturbações bem como proceder à intervenção de modo a facilitar os processos de integração da pessoa consigo mesma e com a sociedade.

A Psicologia é uma ciência que possui diferentes quadros teóricos, ou seja diferentes concepções do desenvolvimento humano, e consequentemente da normalidade e dos desvios. Este facto produz uma diversidade de abordagens do humano, que do ponto de vista prático, se reflete em diferentes formas de intervenção.

Muito embora existam ainda muitas rivalidades entre os adeptos de cada uma das áreas, os estudos apontam que a eficácia das intervenções terapêuticas depende muito mais do terapeuta (enquanto pessoa e profissional bem formado) do que da orientação teórica e prática que ele possui.

A título de exemplo, temos a psicologia cognitiva, a psicologia comportamental, a psicologia sistémica e familiar, a psicologia comunitária, a psicologia dinâmica, na qual se inclui a psicanálise, a grupanálise e outras menos conhecidas. Actualmente estão em grande expansão a psicologia transpessoal e a psicologia holística.

As Psicoterapias

As Psicoterapias são formas de intervenção específicas sobre os disfunções, ou seja, são úteis quando o processo de desenvolvimento não se processou adequadamente e é preciso ajudar a pessoa a reencontrar a saúde ou as formas de ser feliz.

Os psicoterapeutas são técnicos que fazem uma formação teórica específica, para além da sua formação de base, (que pode ser a psicologia a psiquiatria, a medicina familiar ou outras relacionadas com o humano) apreendendo técnicas de intervenção, e sujeitando-se, eles próprios a um processo psicoterapêutico, com vista a aumentar o seu auto-conhecimento e eventualmente resolver alguns processos menos saudáveis das suas vivências passadas ou presentes.

Este aspecto da formação dos psicoterapeutas é particularmente importante na medida em que o seu instrumento de trabalho é a sua própria pessoa e convirá que ela esteja saudável para poder intervir junto de outras que se encontram em dificuldades.

Estes profissionais costumam ter acesso a sessões de supervisão, onde têm oportunidade de aferir a sua intervenção junto dos seus pacientes ou clientes, conforme preferirmos designar a pessoa que recorre à psicoterapia.

A escolha do técnico de saúde mental a consultar, quando o desajustamento provoca sofrimento na pessoa, ou nos que com ela convivem, depende muito do cariz das dificuldades sentidas.

Como vimos, no campo do sofrimento psicológico intervêm diferentes técnicos e naturalmente, quem não domina a área sente dúvidas em fazer uma opção mais consciente. Existem situações que devem ser intervencionadas pela psiquiatria, outras pela psicoterapia ou outras terapias e outras ainda devem ser alvo de um trabalho conjunto.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]