Jornada para uma vida feliz: Organizando a mala para a viagem

1282
Organizando a mala para a viagem
Organizando a mala para a viagem

Toda viagem requer uma certa organização e, entre os itens a serem observados estão as nossas malas. O que levar? Bem, tudo depende de para onde você vai, se longe ou perto, das características climáticas e, muitas vezes, até culturais.

Organizando a mala para a viagem

Mas quando desejamos que essa viagem seja a jornada rumo ao nosso engrandecimento como seres humanos, essa viagem se torna a mais simples de todas e pode nos levar muito longe. Uma viagem cujo preço está apenas no tempo que dedica a ela. Para essa viagem, além do tempo e da atenção necessárias aos nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações, é necessário que façamos uma pequena mala.

Nesta mala, devemos colocar apenas três coisas essenciais: vontade, auto-observação e aceitação. Podemos explicar melhor esses conteúdos utilizando o exemplo do atleta.

Vontade: Um atleta, para conquistar um título, uma medalha, um record, usa sua vontade, ou seja, a força de vontade sem a qual não chegaria a lugar nenhum.

Auto-observação: Sem observar seus próprios erros ele não pode aperfeiçoar sus técnicas e é claro, a maior parte tem seus técnicos para ajudar e, no nosso caso, temos o nosso coach ou até mesmo um mentoring, especialmente no caso de aperfeiçoamentos imateriais.

Aceitação: Sem aceitarmos que temos traços do nosso caráter, o qual é composto por valores e virtudes, não podemos melhorar. O Ego prefere que não o vejamos, que os joguemos para baixo do tapete. Mas sem estarmos diante do que deve ser aperfeiçoado, não há engrandecimento e, portanto, não há felicidade que se sustente, pois nos distanciamos da felicidade autentica, baseada no caráter.

Atletas se machucam, caem, perdem até que a perseverança a qual caminha junto com a força de vontade, o façam vencedor. Por isso muito choram quando erguem seus prêmios.

Faça sua mala agora, e comece já a prestar mais atenção ao que necessita ser aperfeiçoado e nunca se esqueça, nós somos nossos maiores adversários.

www.felicidadesustentavel.com
Dra. Ivana Ribeiro

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]