30 motivos para o arrependimento

2403
30 motivos para o arrependimento
30 motivos para o arrependimento

Ao longo da vida cometemos certos actos, certos erros, que mais tarde são motivo de arrependimento. E é quando olhamos para trás e vemos o tempo a passar que damos conta daquilo que não fizemos mas que deveríamos ter feito.

30 motivos para o arrependimento

A Mulher Portuguesa deixa-lhe uma lista de motivos que normalmente levam as pessoas ao arrependimento:
  1. Deixar de viajar quando tem oportunidade. Quando a idade aumenta, aumenta com ela as responsabilidades, tornando-se cada vez mais difícil deixar de estar presente no dia-a-dia. Com isto aquela vontade de viajar que tanto tinha/tem quando era/és adolescente deixa de existir e aqueles destinos de sonho tornam-se mesmo de sonho.
  2. Não aprender outra língua. Na verdade aprendemos algumas línguas quando estamos na escola mas e depois? Deixamos para trás essa aprendizagem e a pratica perde-se. Mais tarde, vemos quanta falta faz para a nossa vida o domínio de línguas diferentes da nossa.
  3. Permanecer num mau relacionamento. À primeira custa ter que terminar um relacionamento, mas não será pior pensar que perdeu tanto tempo a sua nesse relacionamento que não a fez feliz?
  4. Esquecer-se do protector solar. Parece estúpido mas não é! Quando for velhinha vai andar a queixar-se das rugas e pensar que quando era jovem devia ter colocado protector.
  5. Perder a oportunidade de ver os seus cantores/bandas favoritos. Nunca sabemos quando vão voltar ou se vão acabar, assim, aproveite os momentos e oportunidades que tem para divertir-se ao som dos seus ídolos musicais.
  6. Ter medo de fazer as coisas. O medo pode nos paralisar, mas não podemos deixar que isso aconteça.
  7. Esquecer-se de praticar desporto. É quando os anos passam que percebemos o quão era importante um cuidado com o corpo desde muito cedo.
  8. Não sair daquele trabalho horrível. Esqueça! Pode ter as contas todas para pagar, mas vai sujeitar-se a estar a fazer uma coisa que não lhe dá prazer? Que não a deixa feliz? Procure algo que realmente a satisfaça, e se não encontrar, crie esse algo.
  9. Não se ter esforçado mais na escola. As notas são importantes, mas o que é mais importante é aprender com tudo aquilo que nos ensinam.
  10. Não perceber que é realmente bonita. Há muitas definições de beleza mas pense que seja qual for o seu jeito, você é bonita e admirada por alguém.
  11. Ter medo de dizer “amo-te”. Amar outra pessoa é um sentimento inexplicável e um dom precioso, mesmo que esse amor não seja correspondido.
  12. Não ouvir os conselhos dos pais. Eles têm muito mais experiência do que nós pensamos.
  13. Passar a sua juventude a ser egoísta. Há mais pessoas no mundo além de si, e é quando crescemos que percebemos isso.
  14. Preocupar-se muito com o que os outros pensam. Quando for mais velha, vai perceber que a opinião dos outros não importa muito para sermos felizes.
  15. Apoiar os sonhos dos outros em vez dos seus próprios sonhos. Ser gentil é uma coisa, mas sacrificar a sua felicidade não vale a pena.
  16. Não arriscar. Não hesite em tomar decisões, depois vai pensar no tempo que já perdeu e não há nada a fazer.
  17. Guardar rancor, especialmente das pessoas que gosta. Por vezes temos que deixar a dor e o orgulho passar, em vez de guardá-la.
  18. Não defender a sua opinião. Só porque outras pessoas podem discordar, não significa que tem que abandonar os seus princípios.
  19. Não se voluntariar. Há inúmeras razões para ajudar outras pessoas, não perca a oportunidade de fazer algo por quem necessita.
  20. Trabalhar demais. Você vai perder muita coisa boa da vida ou então vai estar muito cansada e stressada para saber apreciá-las.
  21. Não parar para apreciar o momento. Pare de mexer tanto no telemóvel. Olhe à sua volta, perceba onde está, com quem está e aproveite o momento.
  22. Não terminar o que começou. Cada dia é uma oportunidade que não deve ser desperdiçada.
  23. Não ter comprado aquilo de que mais gosta. Poupou a vida toda mas deixou de ter aqueles pequenos prazeres. De nada vale. Mime-se a si mesma.
  24. Recusar-se a deixar as amizades seguirem o seu caminho. Às vezes as pessoas afastam-se. Forçar essa ligação pode fazer bem mas também pode estragar tudo.
  25. Não brincar com os seus filhos. As crianças estão cheias de alegria. Preencha a sua vida com essa alegria em vez de evitá-la.
  26. Nunca ter se arriscado no amor. Correr um risco grande pode valer mais a pena do que só investir em passos seguros.
  27. Não desenvolver contactos e networking. Isso vai ajudar na sua carreira a longo prazo, não se isole.
  28. Preocupar-se demais. Preocupar-se, principalmente com coisas que ainda não aconteceram, é inútil.
  29. Ficar presa a um drama desnecessário. Não fique revivendo o sofrimento, siga em frente.
  30. Não ser grata. Aprenda a dizer obrigado. A sua vida vai melhorar muito se começar a agradecer as pessoas hoje mesmo.

Nota: Vai sempre a tempo de evitar certos arrependimentos!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]