Depressão, não tenha vergonha de procurar ajuda

1431
Depressão, não tenha vergonha de procurar ajuda
Depressão, não tenha vergonha de procurar ajuda

Quem, como eu, já conheceu as cores da depressão sabe o quanto custa viver o dia dia nessas circunstâncias. Tudo deixa de fazer sentido. Deixamos de amar. Até mesmo aqueles por quem daríamos a vida. A comida deixa de ter sabor, as flores perdem a beleza, nada tem graça e tudo se torna cinzento.

Depressão

Olhamo-nos ao espelho e a imagem que nos é devolvida nada tem a ver com o rosto que conhecemos, não é a nossa cara. Não temos nem força nem coragem para melhorar a nossa imagem. Atingimos o fundo dum poço!

Depois, temos de nos agarrar com “unhas e dentes” a qualquer coisa para re-iniciar o despertar, o difícil caminho da subida. Agarramo-nos, por exemplo, a frases como esta “se te deram um limão, faz uma limonada”; “vive um dia de cada vez”, “vive o teu dia como se fosse o último”.

Com frases como estas e muita fé em Deus, com a ajuda do médico e com o amor da família e amigos, aos poucos vamos ressuscitando. Eis quando damos connosco a admirar a beleza duma noite de luar, um majestoso pôr-de-sol, ou um simples campo coberto de flores silvestres. Então, sim, sentimos que estamos no caminho certo para recomeçar a viver cada dia, com toda a intensidade, aceitando as coisas menos boas, que a vida nos reserva!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]