Redenção, um livro de Tariq Ali

3628
Redenção de Tariq Ali

O comunismo morreu ou apenas se dividiu? A Rússia comunista continua a existir ou é apenas uma figura de papel? Descubra a verdade neste livro, a redenção de Tariq Ali.

Redenção

Já conhecido do público português pela sua obra ‘As Sombras da Romãzeira’ Tariq Ali regressa pela mão da Europa América com aquele que foi o seu primeiro romance ‘Redenção’.

A história começa na noite da véspera de Natal de 1989, em Paris e as conversas do dia vão para a revolução ocorrida na Roménia. Um homem segue com particular atenção esses balanços da história. Erza Einstein, polémico líder trotskista assiste à execução de Ceausescu e da sua mulher.

Começa então a elaborar o que será um congresso mundial para discutir a queda do Comunismo no Leste e a forma como os dirigentes comunistas devem enfrentar as mudanças.

Entre discussões, panfletos, elogios e insultos, decretos e muita conversa, reúnem-se em congresso as diferentes facções trostskitas, as suas sub-facções e as sub-sub-facções destas, numa paródia hilariante a todos os sistemas políticos e às divisões internas que os minam.

Nada que os portugueses não conheçam bem. Uma obra para ler antes de tomar decisões em relação ao seu próximo voto e que a vai a ajudar a destrinçar os meadros da política. Ou talvez não…

Tariq Ali nasceu e cresceu no Paquistão e formou-se na Universidade de Oxford. Escritor e realizador de cinema, é autor de mais de uma dúzia de livros sobre história, política mundial e biografias, incluindo uma acerca de Ghandi.

O seu primeiro romance foi publicado em 1990 e relatava a queda de Granada às mãos das tropas cristãs. Actualmente vive em Londres e é produtor do programa ‘Rear Window’ no Channel 4.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]