O Que a Tua Doença te Quer Dizer de Kurt Tepperwein

1955
O Que a Tua Doença te Quer Dizer
O Que a Tua Doença te Quer Dizer

O Que a Tua Doença te Quer Dizer de Kurt Tepperwein da Editora Pergaminho

O Que a Tua Doença te Quer Dizer

Pensar nas doenças somente do ponto de vista físico pode ser errado. Assim, este livro ensina-a a encarar as doenças também numa perspectiva da alma. O que significa uma dor de cabeça? Sabe?

‘O que a tua doença te quer dizer’ é um manual que a ajuda a compreender um pouco melhor o porquê do aparecimento de determinadas doenças, numa perspectiva que reúne a alma e o corpo. A dualidade entre estes dois campos foi sempre muito discutida, mas neste livro encontra-as de forma única, oferecendo a resposta para as suas dúvidas.

Da colecção ‘Desenvolvimento Pessoal’, o livro de Kurt Tepperwein, especialista em tratamentos integrais, aborda a doença, o conceito do problema, causas e sintomas, assim como as eventuais medidas terapêuticas para conseguir alcançar a saúde. Segundo Kurt Tepperwein, o essencial é conseguirmos identificar as mensagens que o corpo nos transmite.

O livro demonstra-nos que a doença que a pessoa está a ultrapassar é sintoma de um problema psicológico. Assim, é possível estabelecer uma ordem de correspondências claras entre a doença e um problema de foro psicológico. Mas, para que se consiga chegar a uma leitura do verdadeiro problema é preciso estarmos a par dos sintomas.

Da Editora Pergaminho, a leitora vai encontrar no livro a resposta psicológica às suas doenças. Todas as doenças, possíveis e imaginárias, estão inscritas neste livro, bem como a respectiva leitura e motivos psicológicos das mesmas.

A certeza da ligação entre alma e corpo é tal, que no Prólogo lê-se logo de início: ‘A doença tem um sentido. É uma mensagem da vida que exprime um desequilíbrio energético com uma determinada situação.’

Por exemplo, você sabia que as náuseas e os vómitos são um sinónimo de um sentimento de repugnância, rejeição, e o desejo de que algo não tivesse ocorrido? E, que a obesidade é sinónimo de um vazio interior, necessidade de amor, carinho, e uma debilidade do próprio ‘Eu’? Ou que a hipertensão é um sinal de dinamismo excessivo, agressividade suprimida, ambição, sentimentos dominados e falta de flexibilidade?

Estas e outras ‘curiosidades’ são a base do livro de Kurt Tepperwein, terapeuta, e docente desde 1984 na Academia de Ciências Mentais na Alemanha. Actualmente, dirige também o Grupo de Trabalho Internacional de Treino Mental. Um livro lançado pela Editora Pergaminho, realizado a pensar em si, no seu corpo e alma. Descubra-o, pois vai encontrar factos surpreendentes!

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]