Pinóquio pelo Centro de Dança do Porto

903
pinóquio
pinóquio

Um bailado em três actos, baseado no conto de Carlo Collodi, é o que o Centro de Dança do Porto reservou para si hoje e amanhã. ‘Pinóquio’, no Grande Auditório do Teatro Rivoli.

A história do ‘Pinóquio’ é uma das mais antigas de que temos memória. Com mais de cem anos, a história foi assinada por Carlo Lorenzini, sob o pseudónimo Carlo Collodi, através de capítulos num jornal infantil italiano de Ferdinando Martini, ‘Gionale per i Bambini’, no ano de 1881 até 1883.

Nesse último ano, a história seria então publicada em livro pela Felice Paggi – Libraio Editore, com ilustrações a cargo de Enrico Mazzanti. Do título ‘Storia di un Burattino’.

Pinóquio

História de um Marionete’, foram publicados os quinze primeiros capítulos, quando através de um Pinóquio moribundo, Collodi interrompe a história. Muito tempo depois, e já com o título emblemático ‘As Aventuras de Pinóquio’, foram completados os 36 episódios originais.

Traduzido para os mais diferentes idiomas, a história de Pinóquio correu todos os cantos do mundo. Porém, a história viria a sofrer inúmeras adaptações. Foi na versão da Walt Disney, no ano de 1940, que tomaríamos conhecimento deste conto, embora com um conteúdo diferente da história original escrita por Collodi.

‘Pinóquio’ é assim transformado de um conjunto de letras e imagens, para os gestos e movimentos corporais dos seres humanos. Esta fábula tradicional seduziu de vez a dança, e leva até aos palco do Grande Auditório do Teatro Rivoli uma produção de bailado em três actos, contando com a participação de 240 alunos do Centro de Dança do Porto.

Dos 240 alunos presentes no espectáculo, cerca de 90% são crianças com idade inferior a 15 anos, o que demonstra por si só o lado infantil do conto de Collodi. Pelas 15 horas ou à noite, às 21.30, é possível deliciar os espectadores com esta produção de bailado, bem ao jeito da fábula de Pinóquio.

Uma figura mítica do universo das crianças, Gepetto, que além de ingénuo, conserva em si a mentira característica dos mais novos, ao mesmo tem que encanta com as suas travessuras. Esta é a imagem do famoso Pinóquio.

A Coreografia e Direção do espectáculo, apresentado hoje e amanhã no Grande Auditório do Teatro Rivoli, está a cargo de Teresa Vieira, com música de Leo Delibes, cenografia e figurinos de Manuela Bronze. ‘Pinóquio’ é um espectáculo apresentado pelo Centro de Dança do Porto, num cenário onde a fantasia, sonho e realidade se misturam harmoniosamente.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]