Estreia de Dança de roda em Almada

1369
Estreia de Dança de roda em Almada
Estreia de Dança de roda em Almada

Foram muitos os que não quiseram perder a estreia de Dança de roda, a nova produção da Companhia de Teatro de Almada. A peça, com texto de Arthur Schnitzler e encenação de Rodrigo Francisco, e que estará em cena até dia 1 de Abril, subiu ao palco pela primeira vez na Sala Principal do TMA com lotação esgotada e uma grande ovação do público.

O encenador Ricardo Pais, Marques D’ Arede, Melânia Gomes, Pedro Calapez, Joaquim Nicolau, Solveig Nordlund e Rui Mendes foram algumas das personalidades que assistiram ao espectáculo.

Dança de roda

Traz para o palco a roda-viva das relações instáveis e permissivas entre homens e mulheres, numa frenética dança de casais, com pares que se formam e desfazem de cena para cena, abordando de uma forma surpreendente as teorizações de Freud acerca dos impulsos sexuais e dos jogos de poder.

A ação circular desta peça evoca a propagação da sífilis, uma doença sexualmente transmissível que era no final do século XIX um flagelo semelhante ao que é hoje em dia o HIV.

A publicação da peça causaria grande controvérsia, tal como a sua primeira representação, em 1920, levando a que, no ano seguinte, um tribunal de Berlim a considerasse ofensiva da moral pública e Schnitzler viesse a proibir a sua apresentação em palcos europeus até à data da sua morte.

O elenco desta produção da Companhia de Teatro de Almada é constituído na sua maioria por ex-finalistas em 2011 do Curso de Teatro da Escola Superior de Teatro e Cinema e da ACT – Escola de Actores.

Estes jovens actores tiveram oportunidade de realizar o seu estágio com Bernard Sobel, numa encenação de Santa Joana dos matadouros, texto de Bertolt Brecht, que esteve em cena no TMA no ano passado, e foi considerada pelo jornal Expresso como uma das dez melhores produções apresentadas em 2011.

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]