Maria Gambina, lança coleção Inês de Castro

1067
Maria Gambina, lança coleção Inês de Castro
Maria Gambina, lança coleção Inês de Castro

Tendo como ponto de partida a história de amor entre D. Pedro e D. Inês de Castro, Maria
Gambina elabora para o Verão uma colecção jovem, rebelde e romântica.

A coleção Inês de Castro divide-se em três actos:

  • Inês jovem apaixonada
  • Inês assassinada
  • Inês coroada

Maria Gambina utiliza alguns elementos ligados à mitologia como o Grifo (uma lendária criatura com corpo de leão e cabeça e asas de uma águia), como símbolo
de poder divino e um guardião do divino, (neste caso referindo-se ao AMOR).

Usa uma iluminura sobre a caça dos irmãos Limbourg e associa-a a Inês, no sentido em que também ela era perseguida, não havendo liberdade para o amor que os unia.

Reinterpreta a gorjeira mó-de-moinho como acessório que nos transporta para o
canto III d ́Os Lusiadas.

Falsos drapeados e aberturas nas mangas são os únicos elementos influenciados no vestuário da época.

Estampados que deixam a nu partes do corpo, levam-nos para peças rasgadas e cortadas.

Imagens gráficas de frutos em decomposição remetem-nos para o acto da coroação póstuma de Inês de Castro.

SILHUETA

  • Senhora: Saias pencil, cinturas subidas, marcação das ancas, fluida, curta e oversize.
  • Homem: Teddy boys.

CORES

Preto, branco, bordeaux, cor de pele e amarelo claro. Toques de dourado, verde pistache, vermelho e roxo.

MATERIAIS

  • Tecidos técnicos
  • Malhas algodão/lycra, piquet, turco
  • Pied poule
  • Sedas
  • Denim
Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]