Orientação profissional – Ajuda aos jovens

0
1161

O fim do ano escolar aproxima-se e é altura para os jovens pensarem a sério na sua futura carreira profissional, especialmente aqueles que este ano têm de optar por diferentes disciplinas e áreas educativas.

 

Se os seus filhos já decidiram que querem ser pilotos de corridas ou astronautas, não deixe de lhes fazer ver que outras opções são também viáveis.

Para um melhor aconselhamento nesta matéria, existe já na maioria das escolas a “Orientação Escolar e Profissional”

A escolha da área educativa tem de ser feita numa idade em que é mais importante a música que está no top ou que roupas estão na moda, em suma, uma altura em que os jovens não se encontram completamente preparados para tomar uma decisão tão importante.

A Orientação Escolar e Profissional representa uma actividade que reúne a educação e a formação profissional assim como a inserção na vida activa. Permite aos jovens adquirirem um maior conhecimento das oportunidades que estão disponíveis em matéria de formação e ajuda a ponderar as opções de carreira de forma mais consciente.

Através da Orientação Escolar devem ser conhecidos os interesses, as preferências e as potencialidades dos alunos, de forma a identificar mais facilmente as alternativas profissionais viáveis para cada pessoa.

Ao mesmo tempo, o aluno vai passar a conhecer-se melhor e muitas vezes a descobrir uma aptidão para áreas que nunca pensou seguir.

Ao descobrir as capacidades de cada um ou confirmar outras, é necessário também saber até que ponto são executáveis ou existe na realidade uma capacidade para as desenvolver, após a formação necessária. É muito bonito desejar ser pintor, mas se a habilidade não chega, é melhor pensar em algo diferente (está bem, todas sabemos que há quem se intitule pintor sem saber sequer pegar num pincel ou lápis, mas ninguém disse que a vida é justa).

Esta disciplina permite avaliar também o tipo de atitudes e de comportamentos em determinadas situações, assim como os valores que o indivíduo apresenta e defende.

 As características intelectuais, afectivas e físicas, são outros pontos a tomar em conta, porque são essenciais em muitas profissões.

Para poder escolher é também necessário saber como faze-lo e onde recolher informações. A Orientação Escolar dá aos jovens uma fonte de informações através de documentos, visitas a empresas, e dicas acerca das tendências dos mercados de trabalho,

taxas de desemprego nas diversas actividades, as novas formas de trabalho e os níveis de exigência em termos de conhecimentos de base.

Pode ficar desde já a saber que na escolha da área de estudo deve ter em conta a importância actual de áreas como a informática e a multimédia, o interesse dos recursos naturais e meio ambiente, o aumento do interesse no turismo e hotelaria, ocupação de tempos livres e a especialização de operários.

Na escola que os seus filhos frequentam, é mais que natural que existam as áreas que eles desejam seguir, mas deve sempre pedir o currículo do curso, e saber as hipóteses de saídas profissionais que os cursos propostos oferecem.

 

Este é o primeiro passo para proporcionar aos seus filhos uma carreira profissional que realmente lhes sirva para a vida e que lhes agrade.

Classificação
A sua opinião
[Total: 0 Média: 0]