Conheça os prós e contras de trabalhar em casa

2354
Conheça os prós e contras de trabalhar em casa
Conheça os prós e contras de trabalhar em casa

Se decidiu trabalhar em casa, quer tenha sido por opção pessoal ou porque assim lhe foi solicitado, a verdade é que agora você é uma daquelas pessoas que renunciou á confusão do local de trabalho, pelo conforto da sua casa. Lar, doce lar!

Prevê-se que num futuro não muito longínquo sejam já muitas as pessoas que montam o seu próprio escritório em casa. Na mordomia do lar é a própria pessoa que controla e gere o seu trabalho, as horas a que começa e termina o trabalho, desde que assegure que naquela determinada data o trabalho está concluído.

Os pós e contras de trabalhar em casa

Lógico que para ficar em casa, comodamente a trabalhar, necessita estar sempre em contacto com os restantes colegas para que a comunicação dos serviços a realizar esteja a ser assegurado. Isto implica que tenha que ter consigo a uma tecnologia mediana para estar sempre em contacto com o mundo.

Se ao trabalhar individualmente, ou por conta própria, as coisas estão mais facilitadas, isso não implica que não tenha que possuir um equipamento igualmente sofisticado para garantir a rapidez e êxito do trabalho

Hoje, mais do que nunca, qualquer empresário necessita estar sempre a par de tudo aquilo que acontece, não só em Portugal como também ao cimo de toda a superfície do planeta Terra.

Assim, trabalhar em casa implica gastar uma quantia avantajada para garantir a execução do trabalho que antigamente fazia no escritório, mas que agora realiza em sua casa.

Todavia, e apesar de ter que abrir os cordões à bolsa para trabalhar em casa, embora em muitos casos as máquinas necessárias sejam as que já possuía antigamente, apenas com algumas remodelações, a verdade é que feitas as contas, ao fim de alguns meses, você constatará que gastou menos dinheiro em alimentação, combustível, desgastou menos o carro, em filas intermináveis, ou poupou uma quantia considerável de dinheiro em transportes públicos.

Evitou chatices, o stress matinal, e não há dúvida de que a sua disposição anda em alta por já não ter que aturar aquele colega que não suportava. O conforto do seu lar tem-lhe feito bem, e o silêncio que cria ao seu redor enquanto trabalha dá-lhe outro ânimo.

Todavia, há pessoas que apenas conseguem trabalhar sob o efeito de stress, no meio da confusão, dos telefones a tocar, do barulho das impressoras.

Para estas pessoas trabalhar em casa torna-se um verdadeiro tédio, além do facto de que não consegue acordar a horas normais para começar a trabalhar, os miúdos não a deixam concentrar-se, e não consegue deixar de evitar de atacar o frigorífico de hora a hora Decididamente, prefere apanhar trânsito, estar no meio da confusão, renunciando o seu lar enquanto escritório particular.

Além do mais, estaria isolada, sem conviver minimamente com os colegas de trabalho, facto que não consegue suportar. Trabalhar, só em grupo e com pessoas à volta! Acredite que são muitas as pessoas que pensam desta forma!

No entanto, há pessoas que têm a opção de trabalhar em casa, enquanto que a outras é lhes imposta, de imediato, essa condição. Se é uma das pessoas que optou por trabalhar em casa ou que, simplesmente, se viu obrigada a tal, convém ter em mente que também em casa é necessário haver certas regras para trabalhar.

O horário de trabalho

Por exemplo, os horários! Não trabalhe mais do que as horas que habitualmente trabalharia no escritório, pois isso far-lhe-á mal.

Estipule você mesma horários: se quiser começar a trabalhar às 9, 10 ou 11 da manhã, isso compete-lhe a si decidir, desde que garanta que as restantes horas de trabalho são compensadas.

Não interrompa o trabalho para fazer um lanche

Esqueça que tem ali um frigorífico recheado de coisas boas. Se estivesse no seu local de trabalho também não poderia estar de hora a hora a ir ao café, pois não? Então esqueça esse “pequeno pormenor”, e nada de pequenos lanches!

Concentração é fundamental

Concentre-se no trabalho que tem entre mãos como quiser! Pode ouvir uma música suave enquanto trabalha, ter a televisão ligada, ou estar em silêncio total.

Aqui, é você quem decide! Nunca se esqueça que lá por estar em casa não significa que possa fazer diariamente almoços de 2 horas e 30 minutos, ou que o interrompa sistematicamente para andar a fazer coisas da lide doméstica. Enquanto está a trabalhar é só isso que vai fazer, porque senão a sua concentração e raciocínio não serão completos. Abstraia-se do resto e dedique-se ao que tem entre mãos!

Não se esqueça que a única coisa que mudou foi o local de trabalho, pois as regras, conteúdos, parâmetros e exigências continuam a ser exactamente os mesmos, embora agora estejam a ser regidos por si.

Seja exigente consigo

Se trabalhar em casa, seja tão exigente consigo como era enquanto trabalhava lá no escritório! Assegure-se de que o facto de trabalhar fora do local convencional não vai fazer com que se sinta desleixada ou, de alguma forma, preguiçosa.

Não permita distrações

E, para não deixar atrasar o trabalho, não se distraia com o telefone que não pára de tocar, com as crianças que querem ir à rua, ou com uma amiga sua que acha pertinente ir todas as tardes visitá-la. Explique a todos os que a rodeiam que não quer, nem pode, ser incomodada, pois precisa de trabalhar!

Crie um espaço de trabalho funcional

O espaço que cria em torno do local de trabalho é algo que tem a ver com o gosto pessoal de cada um. Opte por um local com muita luz solar, de cores claras, limpo, organizado, arrumado, e que transmita bastante conforto e harmonia.

Preparada para trabalhar em casa? Óptimo, pois neste caso os prós vencem os contras em larga escala, mas é preciso que se saiba impor e ser bastante responsável!

Classificação
A sua opinião
[Total: 1 Média: 5]